Segurança

Presos fazem rebelião e tentam incendiar bloqueadores de celular no Presídio de Parnamirim

DETENTOS INICIARAM UMA REBELIÃO QUEIMANDO COLCHÕES E LIXO PRÓXIMO AO BLOQUEADORES DE CELULAR INSTALADOS NA SEMANA PASSADA.

DETENTOS INICIARAM UMA REBELIÃO QUEIMANDO COLCHÕES E LIXO PRÓXIMO AO BLOQUEADORES DE CELULAR INSTALADOS NA SEMANA PASSADA.

Na noite desta quarta-feira (03), criminosos promoveram mais um ataque na Grande Natal, desta vez, contra os bloqueadores de celulares instalados na Penitenciária Estadual de Parnamirim.

Equipados com armas de longo alcance e um carro supostamente roubado, os bandidos atiraram de fora para dentro da unidade para acertar uma das torres da estrutura. O veículo foi localizado nas proximidades da Penitenciária.

Após os disparos, detentos iniciaram uma rebelião no interior do presídio, usando colchões e lixo para provocar um incêndio na parte interna da unidade, próximo a uma das torres com bloqueadores. As chamas chegaram a alcançar cerca de 3 metros e as labaredas atingiram o equipamento de bloqueio de sinal.

Ainda não se sabe se os bloqueadores de celulares foram danificados em função da ação. A Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), irá realizar um novo teste na manhã desta quinta-feira (4) para avaliar os danos sofridos pelos bloqueadores.

Com informações do Novo Jornal


Deixe um Comentário