Polícia

Presidiário sofre atentado ao chegar na João Chaves e pode ficar paraplégico

O presidiário do regime semiaberto identificado como Judson Silva, de 29 anos foi alvo de tiros, na noite desta quinta-feira (04), ao chegar no complexo penal doutor João Chaves, na avenida Itapetinga, no bairro Potengi. Vítima poderá ficar paraplégica, segundo familiares.

De acordo com a polícia, Judson chegou na unidade para cumprir a pena condenatória, após ser julgado por roubo. Na ocasião, dois homens em uma moto se aproximaram e um deles efetuou pelo menos cinco tiros de pistola. A vítima foi atingida em várias regiões do corpo e socorrida pelos próprios companheiros do presídio.

A namorada do presidiário informou que Judson também foi ferido nas costas. “Eu não sei o motivo do atentado, porque ele não tem inimigos, agora talvez ele nunca mais irá andar, pelo menos foi o que eu ouvi do médico”, disse a mulher que terá a identidade preservada. O caso será investigado pela Polícia Civil.



Deixe um Comentário