Economia

Presidente da Fecomércio comenta números de maio do IBGE

PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA FECOMÉRCIO RN, GILBERTO COSTA

O presidente em exercício da Fecomércio RN, Gilberto Costa, comentou há pouco os números de vendas do comércio potiguar em maio, divulgados na manhã desta terça-feira, 12, pelo IBGE.
“Os números de maio foram, mais uma vez, muito ruins. Tínhamos uma esperança de que surgissem sinais de recuperação, mas a queda de 11,6% (a 11ª seguida, desde junho do ano passado), que nos leva a uma retração acumulada de 10,2% somente este ano, é preocupante. Mais uma vez nossas vendas caíram mais que a média nacional (que ficou em – 10,2% em maio e 9,5% de queda acumulada no ano). Também nos preocupam outros dois dados. O primeiro é que, em maio do ano passado, havíamos registrado uma queda de 2,5%. O segundo é que, ao longo de todo o ano passado, a queda nas vendas do comércio do Rio Grande do Norte ficou em 5,9%, número que, infelizmente, deveremos ultrapassar, em muito, este ano. Por fim, chamamos a atenção para o fato de que, em maio, todos os segmentos do varejo tiveram queda nas vendas. Os destaques negativos ficaram para o setor de Papelaria (livros, jornais e revistas), com queda 24,2%; Eletrodomésticos, com retração de 15,6%; e  Lojas de Departamentos, onde as vendas caíram 15,5%. O setor de Supermercados e Hipermercado, que responde, sozinho, por cerca de 30% do faturamento do varejo e é estritamente essencial, registrou queda de 5,6% nas vendas em maio. Repito: são números extremamente preocupantes, que projetam um ano complicado para o nosso setor e que, fatalmente, devem refletir ainda mais no nosso potencial de geração de empregos.”
Gilberto Costa
Presidente em exercício da Fecomércio RN

Deixe um Comentário