Cidades

População e Poder Público apóia mutirão contra o Aedes Aegypti realizado em Pitangui

Igreja Católica e Colônia dos pescadores dão largada ao mutirão de combate ao mosquito. Foto: Denis Cléber

Igreja Católica e Colônia dos pescadores dão largada ao mutirão de combate ao mosquito. Foto: Denis Cléber

A Prefeitura de Extremoz por meio das secretarias do Gabinete Civil, Infraestrutura, Saúde e Articulação Política apoiou logisticamente ação de iniciativa da Igreja Católica e Colônia dos Pescadores contra o mosquito aedes aegypti, responsável pela transmissão dos vírus da Dengue, Zica e Chikungunya.

A ação visou distribuir várias equipes para percorrer as ruas da praia de Pitangui e fazer um mutirão de limpeza, de lixos, entulhos, podas deixadas nas vias púbicas. Os moradores contaram como o pai dos garis , caminhão e trator para o suporte da limpeza, além da fiscalização e combate ao foco realizado pelos agentes de endemias da Secretaria de Saúde do Município.

A igreja Católica também contou com o apoio da 03 Escoteiros do Mar de Pitanguí, alunos das escolas municipais e estaduais da comunidade e Assembléia de Deus.

De acordo com o presidente da Colônia dos Pescadores e membro da Igreja Católica, Alexandre Ferreira, o apoio da Prefeitura está sendo muito importante, porém mais importante ainda está sendo a ajuda dos próprios moradores que estão se conscientizando que tem que tirar das ruas o lixo que produzem. Queremos que a população participe”, disse.

Também na coordenação da igreja, estiveram representando a Igreja Católica paróquia de Pitanguí, o diácono Aldo e Mariceli Oscar.Representando o prefeito Klauss Rêgo, esteve o secretário de Articulação Adalberto Rêgo, que acompanhou todo o mutirão nas ruas da praia.

Fonte: Com informações da Assecom PME



Deixe um Comentário