Polícia

Polícia Civil conclui inquérito do crime que matou o professor Judson Rodrigues

O PROFESSOR JUDSON RODRIGUES FOI VISTO PELA ÚLTIMA VEZ NO DIA 8 DESTE MÊS, SENDO ENCONTRADO O SEU CORPO NO DIA SEGUINTE.

Polícia Civil concluiu, nesta quarta-feira (16), o inquérito instaurado por meio da prisão em flagrante de Jefferson Andrielle Melo da Silva e João Vitor Fernandes da Silva. Eles foram os responsáveis por matar o professor de geografia Judson Rodrigues de Castro, enterrá-lo e tentar vender o seu veículo, de modelo Celta.

O professor, teria sido visto pela última vez no dia 8 deste mês, sendo encontrado o seu corpo no dia seguinte. A descoberta aconteceu por causa do carro da vítima, que foi achado pela polícia quando estava prestes a ser vendido por um corretor de veículos. Foi este homem quem revelou à polícia o nome de um outro homem que teria ficado encarregado de vender o automóvel. Após várias diligências, os dois suspeitos foram localizados, interrrogados e confessaram a autoria do crime, indicando aos agentes onde assassinaram e enterraram o corpo de Judson. Foram então acionados o corpo de bombeiros e o Itep/RN para desenterrar o corpo, que estava no quintal da casa de Jefferson e foi reconhecido pelos familiares da vítima.

Portanto, como os dois homens tentaram se desfazer do veículo com o intuito de repatir posteriormente o dinheiro da venda, fica tipificado o crime de latrocínio e ocultação de cadáver.


Deixe um Comentário