Polícia

PM acusado de matar lutador de MMA no RN será julgado nesta sexta (26)

MOISÉS GONÇALO FOI ACUSADO DE PARTICIPAÇÃO NO ASSASSINATO DO LUTADOR. ( FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL DO RN)

MOISÉS GONÇALO FOI ACUSADO DE PARTICIPAÇÃO NO ASSASSINATO DO LUTADOR. ( FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL DO RN)

O soldado da Polícia Militar, Moisés Gonçalo do Nascimento, acusado de participação no assassinato do lutador de MMA Luiz de França em 2014, será levado a julgamento nesta sexta-feira (26), na 3º Vara Criminal de Natal. Moisés foi acusado de pilotar a moto que facilitou a fuga do assassino do lutador.

A defesa do acusado  vai argumentar que Moisés não tem nenhuma participação com o crime, segundo a advogada Kátia Nunes, a acusação não conseguiu nenhuma prova que comprovasse sequer a presença do policial no local do crime.

O lutador de MMA Luiz de França Trindade foi morto a tiros em fevereiro de 2014 . O Crime que foi motivado por um desentendimento entre o lutador e o TenenTe da PM Iranildo Félix. O soldado da PM Moisés foi acusado de conduzir a moto e auxiliar a fuga do tenente Iranildo Félix, apontado como autor dos disparos.

Em dezembro do ano passado, Iranildo foi encontrado morto no 5º Batalhão da PM, em Natal, onde estava preso.

LUTADOR DE MMA, LUIZ DE FRANÇA FOI MORTE EM FEVEREIRO DE 2014. ( FOTO: ARQUIVO PESSOAL)

LUTADOR DE MMA, LUIZ DE FRANÇA FOI MORTE EM FEVEREIRO DE 2014. ( FOTO: ARQUIVO PESSOAL)


Deixe um Comentário