Política

Pesquisa FIERN/Consult: Corte no Sistema S é reprovado por 69% dos potiguares

O corte no orçamento do Sistema S, anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, é errado na avaliação de 69,59% dos potiguares. Os dados são da Pesquisa FIERN/CONSULT Retratos da Sociedade Potiguar 2019, realizada pelo Instituto Consult Pesquisa, a pedido da FIERN. A resposta foi dada por 73,2% das mulheres e 65,5% dos homens. E prevalece também, como maioria, em todas as faixas etárias ouvidas e níveis de escolaridade, com maior percentual entre o superior e o médio, 72,8% e 72,4%, respectivamente.

A sondagem, divulgada neste domingo (26), consta de 1.700 entrevistas realizadas em 12 regiões do estado, entre os dias 17 a 20 de maio.  A margem de erro é de 2,3%. O levantamento mede o conhecimento da população sobre as instituições do Sistema S (FIERN, SESI, SENAI e IEL).

Entre os entrevistados, 11% conhecem a FIERN e 44,9% ouviram falar. Contudo, 60,38% não acompanham as ações realizadas pela FIERN em defesa do emprego e do desenvolvimento do Estado.

Em relação as demais entidades do Sistema FIERN, “ouvi falar” foi a resposta dada para SENAI, por 60,47% do público e, para SESI, por 59,29%.  Enquanto 62% afirmam que não conhecem e nem ouviram falar do IEL.

Sobre a atuação das entidades do Sistema S em prol da educação brasileira, 55,72% dizem conhecer em parte o trabalho do SENAI, 54,87% deram a mesma resposta em relação ao papel do SESI e 48,65%, o papel do IEL.

Confiança e acesso a informação

A pesquisa perguntou aos entrevistados quais os meios de comunicação mais usados para obtenção de informações. A TV ainda é o meio de comunicação mais citado –  71% preferem o veículo para se manter informado; em seguida, aparecem WhatsApp, com 33,5%, outros, com 19,1%, rádio, com 17,2%, Instagram com 15,9, jornais/revistas, com 6,9 %, Twitter com 1,9% .

A pesquisa também mediu o grau de confiabilidade de alguns setores da sociedade. 44,59% disseram não confiar na Imprensa, contra 39,06% que confiam. O menor grau de confiança na imprensa foi registrado na região do Trairí (62,7%) e o mais alto em Natal (43,9%).

Os militares apresentam melhor resultado sobre índice de confiança – 45% dos entrevistados confiam nos militares, contra 40,53% que não confiam.


Deixe um Comentário