Esporte

Pelé vai receber R$ 400 mil para comentar amistosos da seleção

EM 2015, PELÉ ASSINOU “MANIFESTO POR UMA NOVA CBF”, QUE PEDIA A RENÚNCIA DO PRESIDENTE, MARCO POLO DEL NERO, COM QUEM ASSINOU CONTRATO AGORA

A CBF vai pagar cerca de R$ 400 mil para o ex-jogador Pelé comentar os amistosos da seleção brasileira. Considerado o melhor jogador da história do futebol nacional, ele será a principal atração da estreia do projeto de comunicação da entidade, que prevê a produção e a exibição dos amistosos da equipe nacional de futebol. O acerto foi feito no início de maio.

A quantia fez Pelé aceitar trabalhar com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. Em dezembro de 2015, o ex-jogador assinou um documento batizado de “Manifesto por uma nova CBF”, que pedia a renúncia imediata do mandatário.

Atual treinador da seleção, Tite também assinou o manifesto. Pouco antes de o técnico aceitar o cargo, Del Nero foi acusado pelo FBI de fazer parte de um esquema de recebimento de propina na negociação de direitos comerciais de competições no Brasil e no exterior.

O amistoso de estreia da transmissão assinada pela CBF será no clássico contra a Argentina, em 9 de junho, em Melbourne (Austrália).

O pacote pago a Pelé ainda envolve o segundo jogo da seleção na Oceania. Ele comentará o amistoso contra os australianos, no dia 13, também em Melbourne.

Fonte: Folha de São Paulo


Deixe um Comentário