Últimas do FM

Cidades

Prefeitura de Parnamirim reduz custos com mudança de mais duas secretarias

O novo prédio, localizado no bairro de Monte Castelo, irá abrigar sete setores da Secretaria de Administração e 21 da Secretaria de Saúde. A mudança integra o Plano de Governo do prefeito Rosano Taveira que é o de reduzir em 30% os custos da administração em relação aos aluguéis. O novo prédio resultará em uma economia de R$ 21 mil/mês.

Segundo o secretário de Administração e Recursos Humanos, Fábio Sarinho, além da economia financeira, a nova casa conta com uma estrutura mais adequada a realidade atual das duas secretarias. “Temos acessibilidade, as instalações são novas e com espaço para atender tanto aos setores como a população”, disse o secretário.

O servidor Argentino Cortez elogiou a mudança. “Ficamos muito felizes com esse novo prédio. O ambiente é melhor e até a disposição das salas facilita o nosso trabalho”, disse.

A Secretaria de Saúde ocupa o primeiro e o segundo andares. Para o secretário João Albérico, o local é bem localizado e seguro. “Com a mudança tivemos condições de acomodar adequadamente todos os setores da secretaria”, afirmou.

Novo Endereço
Secretaria de Saúde e de Administração
Rua Vicente de Paiva, 210
Edifício Cartier
Monte Castelo

Cidades

Caern suspende rodízio de abastecimento na Zona Norte da capital

O volume de chuvas dos últimos dias na cidade do Natal, fez com que o nível da Lagoa de Extremoz atingisse 88% de sua capacidade total. Diante desse volume, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) decidiu junto à Agência Reguladora de Saneamento Básico do Natal (Arsban) e ao Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) suspender o regime de rodízio de abastecimento de água na Zona Norte da capital.

A lagoa é responsável por 70% do abastecimento da região, sendo complementado por poços. Assim, a população da Zona Norte passará a ter o abastecimento diariamente. Mas, mesmo com a situação da consolidação do período chuvoso, já esperado para o período, a Caern ressalta que o uso racional da água deve ser permanente.

“Hoje, vivemos uma realidade mundial em que o desperdício de um bem tão precioso é inimaginável”, alerta o superintendente de Operação e Manutenção de Natal da Caern, Lamarcos Teixeira.  O rodízio na Zona Norte teve início em fevereiro, quando a lagoa apresentava um baixo nível, aproximadamente 36% de sua capacidade. No primeiro momento, o rodízio foi realizado com abastecimento 24h por dia e 48h sem fornecimento de água. Em meados de junho, com o aumento do nível o rodízio passou a ser 24h por 24h.

A Caern, a Arsban e o Igarn foram cautelosos com a situação da Zona Norte, as alterações no abastecimento foram gradativas e balizadas pelo volume de chuvas e pelo nível da lagoa. O diretor presidente do Igarn, Josivan Cardoso ressalta que o monitoramento da lagoa é continuado e que sempre que necessário emitirá alertas para que a Companhia tome medidas preventivas no intuito de preservar o abastecimento da população.

Durante todo o tempo em rodízio, a Caern destaca que o apoio da população foi fundamental para superar este momento de crise hídrica na capital. Assim, como as ações de fiscalização e de retomada de poços artesianos pela Companhia.

Zonas Sul, Leste e Oeste

A Lagoa do Jiqui, responsável por 30% do abastecimento das zonas Sul, Leste e Oeste da capital está, de acordo com o Igarn, com 100% de sua capacidade. Na região, os poços são responsáveis por 70% do fornecimento de água. A companhia reforça a necessidade do uso racional também nestas regiões. “A capital encontra-se em uma situação mais confortável, mas no Rio Grande do Norte diversas cidades ainda estão em situação de colapso no abastecimento, precisamos ser solidários com esta situação”, reforça Lamarcos Teixeira.

Famosos

Com alto índice glicêmico, médico diz que Alcione morreria até o Natal

Alcione, que está mais magra, garantiu que sempre gostou de ser mais cheinha. Foto: Reprodução/TV Globo

A cantora Alcione participou do ‘Encontro’ da última quinta-feira (06) e revelou momentos de tensão que enfrentou. Segundo ela, o médico a colocou contra a parede quando ela passou por problemas de saúde.

“O médico disse que minha glicose estava a 500 e que eu teria que fazer o cateterismo, eu falei: ‘Conheço meu organismo, pode me mandar para a casa porque eu não gosto de hospital’. Aí ele disse: ‘Temos aqui uma cantora que é médica, né? Sabe tudo, mas você não vai passar do Natal’… Baixei minha bola e fui fazer. Se não fosse o susto eu não tinha perdido 24 quilos”, contou.

Alcione, que está mais magra, garantiu que sempre gostou de ser mais cheinha: “nunca liguei para ser gordinha, mas quando o negócio pega na saúde você tem que fazer algum sacrifício”.


Ministério Público

Ministério Público recomenda que prefeita de Baraúna exonere irmã do cargo de secretária

A prefeita de Baraúna, Lúcia Maria Fernandes do Nascimento, tem 10 dias para exonerar a irmã dela, Luana Luisa Dantas Fernandes, do cargo de secretária de Assistência Social e Cidadania do município. Isso é o que prevê uma recomendação do Ministério Público do Rio Grande do Norte publicada na edição desta sexta-feira (7) do Diário Oficial do Estado (DOE). Caso o recomendado não seja acatado, o MPRN irá adotar as providências cabíveis, inclusive pela judicialização.

O documento lembra que norteia a administração pública, segundo a Constituição Federal, a legalidade, a impessoalidade, a moralidade, a publicidade e a eficiência. A recomendação leva em consideração ser permitido ao gestor a nomeação de parentes para ocupar cargo político, mas há a necessidade de o ocupante do cargo deter capacidade técnica para o exercício da função.

A Promotoria de Baraúna cita no texto do documento que o exercício da função de Secretária de Assistência Social e Cidadania pela irmã da prefeita, que não possui formação técnica pertinente ao secretariado, sendo pautado exclusivamente em relação de afeto, existente entre os ocupantes de cargo público, viola, de uma só vez, os princípios previstos na Constituição.

Segundo o documento, a irmã da prefeita tem formação em educação física e enfermagem, o que não guarda pertinência temática com o cargo de secretária de Assistência Social e Cidadania, o que apresenta vício de investidura, além de ser proibida por ser dotada de grave vício de finalidade.

Além da exoneração da irmã, a recomendação do MPRN diz que a prefeita de Baraúna deve exigir, para fins de nomeação do novo secretário de Assistência Social e Cidadania, declaração subscrita pelo empossando de que não se enquadra na vedação disposta em Lei.

Confira aqui a íntegra da recomendação.