Últimas do FM

Cidades

Prefeitura de Parnamirim quita vencimentos de quase 6 mil servidores

A Prefeitura de Parnamirim concluiu na última sexta-feira (29) o pagamento dos salários do funcionalismo, para 5.961 servidores e estagiários, referente ao mês de Setembro. A folha representa aproximadamente R$ 19 milhões.

“O compromisso com o funcionalismo municipal é meta pontual desde o início de nossa gestão”, disse o Prefeito Rosano Taveira. A Prefeitura tem se empenhado para manter em dia o salário dos servidores, respeitando o calendário de pagamento.

Economia

Instituições financeiras reduzem estimativa de inflação pela sexta vez

O mercado financeiro reduziu a estimativa de inflação este ano, pela sexta vez consecutiva. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que desde a semana passada passou a ficar abaixo do piso da meta, foi reduzida de 2,97% para 2,95%. O limite inferior da meta é 3%, com centro em 4,5%. Essa estimativa é do boletim Focus, uma publicação divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com base em estimativas de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

Para 2018, a estimativa foi reduzida de 4,08% para 4,06%. Essa foi a quinta redução seguida.

Para alcançar a meta, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 8,25% ao ano. Essa taxa vem sendo reduzida pelo Banco Central, que já indicou um corte menor na próxima reunião, em outubro, e o fim gradual do ciclo de reduções.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação. Já quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

A expectativa do mercado financeiro para a Selic foi mantida em 7% ao ano, no fim de 2017 e ao final de 2018.

A expectativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país), foi ajustada de 0,68% para 0,70%, neste ano, e de 2,30% para 2,38%, no próximo ano.

Polícia

Suspeito de assalto morre em confronto com a polícia na zona Oeste

Um homem identificado como Manoel Vicente da Silva Neto, de 25 anos morreu após um confronto com policiais militares, na tarde deste domingo (01), no bairro Planalto zona Oeste de Natal. De acordo com a polícia Manoel tinha acabado de cometer um assalto e na fuga respondeu atirando na guarnição a ordem de parar durante uma perseguição.

Segundo a Divisão de Homicídios o suspeito ainda foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento, do conjunto Satélite, mas já deu entrada sem vida. Manoel Vicente era ex-presidiário, cumpria pena por roubo praticado em Macaíba. A arma usada contra os policiais foi apreendida.

Fonte: Portal BO

Economia

Índice de Confiança Empresarial avança 1,3 ponto em setembro

O Índice de Confiança Empresarial, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 1,3 ponto na passagem de agosto para setembro deste ano. Com essa alta, a terceira consecutiva, o indicador chegou a 87,3 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o maior nível desde dezembro de 2014 (87,6 pontos).

O Índice de Situação Atual, que avalia a opinião dos empresários em relação ao momento presente, cresceu 1,2 ponto e alcançou 82,9 pontos. Já o Índice de Expectativas, que mede a confiança em relação ao futuro, avançou 1 ponto e chegou 93,8 pontos.

Em setembro, a confiança avançou em todos os quatro grandes setores pesquisados pela FGV: comércio (0,6 ponto), serviços (0,5 ponto), indústria (0,1 ponto) e construção (0,1 ponto).

Segundo o coordenador da pesquisa, Aloisio Campelo Jr., o avanço do indicador mostra que “a recuperação da economia ganha força, se dissemina entre os diferentes setores e se sobrepõe aos ruídos do ambiente político, responsáveis pela rateada do índice em junho”.