Últimas do FM

Cidades Geral Governo Natal Polícia Política Segurança Social

“Disposto a ocupar qualquer posto”, Styvenson responde ao Comando da Polícia Militar

Styvenson poderá deixar a Operação Lei Seca (Foto: Wellington Rocha)

Styvenson poderá deixar a Operação Lei Seca (Foto: Wellington Rocha)

 

Após o pedido de devolução do Capital Styvenson Valentim protocolado pelo Comando da Polícia Militar (PM) à Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) nesta sexta-feira (3), o atual comandante da Lei Seca afirmou que está à disposição para exercer qualquer missão que lhe for dada.

“Estou com sentimento de dever cumprido. Fiz o meu melhor, faço o meu melhor e farei o meu melhor para a sociedade norteriograndense sempre, no que me colocarem, aonde me colocarem e no que me for determinado a fazer. Responderei da melhor forma à missão que me for dada para a sociedade”, declarou Styvenson.

Atualmente cedido ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN), o Capitão poderá voltar à Polícia, caso a Sesed acate o pedido do comando da PM, que foi motivado pela revolta dos policiais civis e delegados, taxados por Styvenson como “preguiçosos” em áudio vazado pelo whatsapp.

O secretário de Segurança, Ronaldo Lundgren informou, por meio da assessoria de imprensa, que ainda vai analisar o caso para tomar uma decisão. Segundo a assessoria, ainda não existe uma decisão sobre o assunto e não há prazo para ser tomada. Caberá a ele decidir se acata ou não a solicitação do comando da PM para retirar Styvenson da Operação Lei Seca.

Desde que vazaram os áudios em que Styvenson apareceu dizendo que policiais civis e delegados ganham muito para “não fazerem nada”, há reação da categoria contra o capitão, que está sendo processado judicialmente pelo Sindicato dos Policiais do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN).

Segundo a assessoria da Sesed, foi publicada hoje a abertura de uma sindicância de âmbito interno para apurar as responsabilidades do comandante da Lei Seca pelo conteúdo dos áudios em que ele ataca policiais e delegados. A sindicância terá inicialmente 30 dias para investigar o caso, podendo prorrogar o prazo.

Informações: Portal no Ar

Cidades Geral Governo Natal Política Segurança Social

‘Estamos empolgados’: Rafael Motta admite candidatura a prefeito de Natal

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

O deputado federal Rafael Motta (PSB) admitiu que vai ser candidato à Prefeitura do Natal nas eleições municipais de 2016. Segundo o parlamentar, existem conversações em andamento com algumas lideranças políticas locais na tentativa de fortalecer sua candidatura ao cargo maior da capital, entretanto, a força da população é o grande motivação para disputar o pleito.

“Nossa candidatura está se construindo nas ruas. Costumo falar que, antes de tudo, devemos conversar com a sociedade, pois ela tem propostas bem embasadas. O candidato tem que trazer propostas boas para o cidadão. Estamos conversando com eles e também com os nossos aliados políticos. Vamos empolgados para disputar essa campanha de 2016”, disse em entrevista ao blog de Thaísa Galvão.

Questionado sobre o posicionamento do Partido Socialista Brasileiro nas eleições deste ano, Rafael destacou que é intenção do partido lançar candidaturas nos principais polos do país. “O PSB tem uma estratégia muito bem delineada que é a de lançar candidatos em cidades estratégicas, principalmente nas capitais, e Natal é um objetivo do nosso partido. Eles estão dando todo suporte pra gente conversar com partidos e lideranças políticas locais para que possamos lançar um projeto bacana para a cidade”, completou.

As campanhas eleitorais de 2016 serão iniciadas em meados de agosto, exatamente com 45 dias de antecedência para o dia da eleição.

Cidades Geral Governo Segurança Social

Natal: Pesquisadores chegam à capital potiguar para mapear o genoma do zika vírus

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Pesquisadores do Brasil e do mundo estão na capital potiguar para realizar o mapeamento do genoma do famigerado zika vírus. Para realizar a pesquisa, cientistas de referência nacional do Reino Unido deverão percorrer seis cidades da região nordeste. Natal será a pioneira no projeto “Zika In Brazil Real Time Analisys”, que acontece em parceria com o Ministério da Saúde.

Um dos primeiros passos da pesquisa será compreender a formação genética do vírus para se descobrir um diagnóstico preciso, uma vacina ou um tratamento mais adequado. “Vamos ver que tipo de informação conseguimos retirar do genoma do vírus, a diversidade genética. Essa diversidade vai se alterando ao longo do tempo e o que tentamos fazer é reconstruir esse padrão de mudança ao longo do tempo. Também perceberemos de onde veio o vírus, quando ele chegou e como ele está se desenvolvendo no Brasil”, explicou Nuno Faria, uma dos coordenadores da pesquisa do Reino Unido, em entrevista ao jornal Tribuna do Norte.

Quando foi identificado no Brasil, houveram rumores de que era o mesmo encontrado na Ásia, porém, para o pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz na Bahia, Luiz Alcântara, o vírus encontrado no Brasil tem suas características próprias e que se agrupo ao que foi encontrado no continente asiático, mas, de nenhuma maneira podem ser considerados idênticos. Isso porque alguns fatores devem ser levados em conta, principalmente o hospedeiro e as diferenças de raças (questões biológicas), mesmo com a miscigenação.

Os pesquisadores pretendem, durante a pesquisa, colher 750 amostras de genoma. Isso inclui a informação genética do vírus durante a fase aguda da doença e nos mosquito aedes aegypti. Esse genoma poderá dar informações de como é cada organismo vivo e de onde ele veio. Mas, isso poderá passa de geração pra geração, já que a mutação pode ter ser possível durante o processo evolutivo.

Apesar disso, a correlação dessas mutações e o histórico do paciente poderá contribuir para a pesquisa, principalmente no que concerne a parte de sintomatologia onde já foram registrados casos de pacientes com síndrome neurológica de Guillain-Barré, que paralisa alguns membros do corpo e outros não.

Informações: Tribuna do Norte

Cidades Economia Geral Governo Natal Política Social

Educação: Servidores estaduais ativos receberão pagamento neste sábado (04)

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

O pagamento dos servidores da Educação, que estava previsto para ser realizado na próxima segunda-feira (6), foi antecipado para este sábado (4). Os demais pagamentos vão acontecer seguindo o mesmo cronograma já divulgado, no qual todos os servidores ativos da administração direta e indireta receberão os salários até o dia 8 de junho.

Após os funcionários da Educação, terão os vencimentos depositados dia 7 (terça-feira) os servidores Saúde e o sistema de Segurança; os servidores das demais secretarias e órgãos recebem o pagamento dia 8 (quarta-feira).

Os servidores dos órgãos que possuem receita própria (Detran, Caern, Idema, DEI, Jucern e Potigás) já receberam os salários do mês de maio.

A partir do dia 9, o Governo vai aportar para a cobertura de déficit previdenciário aproximadamente R$ 102 milhões. Esse valor se somará aos R$ 60 milhões oriundos da contribuição patronal (22%) e do servidor (11%). Estes recursos são necessários ao pagamento dos inativos e pensionistas efetuados e creditados em conta nos dias 9, 10 e 11 de junho.