Últimas do FM

Segurança

Na Colômbia, Robinson Faria discute acordos internacionais com Diretor da Agência de Cooperação em Medellín

EM SEU PRIMEIRO COMPROMISSO EM MEDELLÍN,GOVERNADOR RECEBEU PLANO DE SEGURANÇA DA CIDADE COLOMBIANA

EM SEU PRIMEIRO COMPROMISSO EM MEDELLÍN,GOVERNADOR RECEBEU PLANO DE SEGURANÇA DA CIDADE COLOMBIANA

Seguindo os compromissos da agenda oficial em Medellín, o governador Robinson Faria se reuniu na noite desta sexta-feira (26) com o Diretor Executivo da Agência de Cooperação e Investimento de Medellín e Área Metropolitana (ACI), Sergio Escobar Sosa. No encontro, o chefe do Executivo estadual destacou os potenciais econômicos do Rio Grande do Norte nas áreas do turismo, exportação e energia eólica e também fez uma exposição sobre o Projeto Governança Inovadora desenvolvido pela sua gestão com o objetivo de elaborar o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Rio Grande do Norte e modernizar a gestão pública do Estado pelos próximos 20 anos.

Quanto ao tema que motivou sua viagem a Colômbia, o governador citou os esforços da gestão por uma segurança pública de qualidade. “Nossa viagem tem sido de aprendizado. Tenho buscando projetos para implantarmos em nosso estado. Um exemplo disso é o Ronda Cidadã que segue o modelo de vigilância por quadrante a exemplo do que existe na Colômbia”, disse o governador, lembrando que foram quadriplicados os investimentos em diárias operacionais para os militares que realizam serviços extras pelas corporações e também feita a maior promoção da história das Polícias e Corpo de Bombeiros.

Já o advogado e diplomata Sergio Escobar, que possui especializações em Finanças e Estudos Internacionais na União Europeia e Itália, detalhou os trabalhos desenvolvidos pela ACI na Colômbia e demonstrou interesse em projetos que visem a cooperação entre os estados de Antioquia e Rio Grande do Norte. No encontro, a ACI se comprometeu a encaminhar ao governador uma minuta com propostas de cooperação na área de Segurança e Inteligência.

“Nossa agência atua em todos os casos que envolvem relações internacionais, nas áreas de cooperação e investimentos. Estamos sempre em busca de boas ideias que possam ser compartilhadas e que tragam resultados positivos para a população. O Rio Grande do Norte tem um grande potencial econômico, que muito atrai os investidores da América Latina, e desperta também interesses de cooperação do governo colombiano. A vinda do governador Robinson Faria a Medellín ajuda a estreitar estes laços de amizade e também de negócios”, disse Sergio Escobar.

Neste sábado (27), a comitiva do Rio Grande do Norte conhecerá os projetos das Escadas Elétricas da Comuna 13, uma bem-sucedida ação de transformação baseada no urbanismo, na inovação e na inclusão social que tem permitido que as comunidades mais carentes de Medellín, construídas sobre ladeiras, cresçam com melhor funcionalidade.

LAVA JATO

Empresária nega depoimento de Mônica Moura e diz que não conhece marqueteiro do PT

MÔNICA MOURA, ESPOSA DEMARQUETEIRO DO PT DISSE TER PAGO À EMPRESÁRIA PELO ALUGUEL DE CÂMERA EM CAMPANHA NA ANGOLA. ( FOTO: VEJA.COM/REUTERS

MÔNICA MOURA, ESPOSA DO MARQUETEIRO DO PT DISSE TER PAGO À EMPRESÁRIA PELO ALUGUEL DE CÂMERAS NA ANGOLA.      ( FOTO: VEJA.COM/REUTERS)

Beneficiária de 200 mil dólares pagos por meio da conta secreta que o marqueteiro João Santana e a mulher, Mônica Moura, mantinham na Suíça, a empresária Silvana Lagnado Hucke, de 53 anos, negou ter prestado qualquer serviço para campanhas políticas coordenadas pelo casal.

Em depoimento prestado na quinta-feira, Mônica disse acreditar ter pago a Silvana pelo “aluguel de câmeras utilizadas na campanha de Angola”, ao ser perguntada sobre a despesa pela Polícia Federal.

— Não conheço essas pessoas. Nunca prestei serviços para campanha em Angola ou fui a Angola — disse ao GLOBO Silvana, que mora em São Paulo e negou trabalhar com campanhas políticas ou aluguel de equipamentos.

De acordo com extrato da conta da offshore Shellbil, mantida por João Santana e Mônica no banco suíço Heritage, foi realizado em 9 de agosto de 2011 um repasse de US$ 200 mil para a conta de Silvana em agência do HSBC no exterior. Segundo as investigações, a Shellbil foi abastecida com recursos obtidos ilegalmente pelo marqueteiro no exterior.

Silvana não quis dizer o motivo do pagamento, nem sua atual atividade profissional. Na época do pagamento, ela era sócia da marca de roupas de surf Hang Loose, fundada em 1982 pelo irmão, Alfio Lagnado. De acordo com registro da Junta Comercial, Silvana foi sócia da empresa Surf Co., controladora da marca, entre janeiro de 1998 e março de 2012. A assessoria da defesa de Santana e Moura informou que não comentaria o assunto.

O Globo

Política

Em evento no Rio, ex-presidente Lula diz que está sendo atacado

O EX-PRESIDENTE LULA. ( FOTO: HEINRICH AIKAWA)

O EX-PRESIDENTE TAMBÉM DISSE QUE NÃO VAI DISPUTAR AS ELEIÇÕES 2018. ( FOTO: HEINRICH AIKAWA)

A declaração aconteceu na noite desta sexta-feira (26), enquanto participava de um encontro fechado com artistas e intelectuais, no centro de convenções do Rio. Segundo participantes do evento, Lula afirmou que está sendo atacado, criticou o Ministério Público, dizendo que a instituição está sendo parcial, e declarou que não tem apartamento no Guarujá e nem sítio em Atibaia.

No encontro, o petista ainda criticou a imprensa e declarou aos presentes que atualmente existem meios de se reagir a informações publicadas na mídia, por exemplo, por meio da internet. Lula reconheceu o momento de dificuldade do governo, criticou o ajuste fiscal promovido pelo governo Dilma e disse que o momento não é de cortar gastos, mas tentar investir no mercado interno. O ex-presidente falou ainda sobre o futuro.

— Ele disse que não vai se lançar candidato em 2018, mas não vai fugir se tiver que ser — disse um dos presentes à reunião.

Lula saiu do encontro sem falar com a imprensa. Ele fica no Rio até sábado, quando participa do encerramento de evento do PT.

Polícia

PM prende ex-presidiário armado durante barreira em Mossoró

JADSON BRUNOD A SILVA, 20 ANOS, FOI PRESO APÓS FURAR UMA BARREIRA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL

JADSON BRUNO DA SILVA, 20 ANOS, FOI PRESO APÓS FURAR UMA BARREIRA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL

Policiais do 2º Distrito de Policiamento Rodoviário Estadual (2º DPRE) prenderam na tarde desta sexta-feira (26) um homem identificado como Jadson Bruno Da Silva, 20 anos, após furar uma barreira da Polícia Rodoviária Estadual, na Avenida Presidente Dutra, no Alto São Manoel, em Mossoró.

A barreira foi montada pelo Esquadrão Águia nas proximidades do Arco da Terra e Jadson Bruno que trafegava em uma motocicleta modelo Titan, não obedeceu a ordem de parada dada pelos policiais. Ao se evadir do local, ele foi perseguido e alcançado na Rua Pedro Ciarlini, na área do Pirrichil.
Durante a abordagem foi encontrado na cintura dele, a arma de fogo. Diante do flagrante, ele que já tem passagens pela Polícia, foi conduzido à Delegacia de Plantão para procedimentos cabíveis.