Últimas do FM

Cidades Geral Governo Ministério Público Polícia Segurança Social

Pastor é assassinado com um tiro no peito, no Jacarezinho (RJ)

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Um dia depois de bandidos atirarem contra a Cidade da Polícia, durante um arrastão, um homem foi morto na manhã deste sábado, na Favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio. Moradores da comunidade postam em redes sociais que Vagner Honório Lopes, de 47 anos, teria sido assassinado por traficantes após ser confundido com um PM – a Polícia Civil ainda não confirma essa versão. Segundo os relatos, a vítima era membro de uma igreja evangélica local e seu terno cinza teria sido confundido com uma farda. Pelo Facebook, internautas afirmam que ele estava voltando para a casa depois de um culto. A morte aconteceu Rua Darcy Vargas, proximo a uma localidade conhecida como Beco do Corrimão.

“Traficantes do Jacarezinho executam um homem de Deus, pai de família. A vítima voltava da igreja para casa, quando entrou no beco que dá acesso, foi atingido com um tiro no peito e não resistiu e veio a falecer. Ele teria sido confundido com um policial”, diz um relato numa rede social.

Cidades Economia Geral Governo Internacional Internet Segurança Tecnologia

Avião com 132 passageiros se choca com drone antes de pouso em Londres

Choque ocorreu na parte da frente de um Airbus A320 da British Airways

Choque ocorreu na parte da frente de um Airbus A320 da British Airways

Um Airbus que se aproximava do aeroporto de Heathrow, em Londres, se chocou com o que parecia ser um drone pouco antes do pouso, segundo informações da Polícia Metropolitana da capital britânica.

O voo da British Airways vindo de Genebra se aproximava do aeroporto londrino por volta das 12h50 (horário local, 8h50 horário de Brasília) com 132 passageiros e cinco tripulantes.

Depois do pouso o piloto relatou que um objeto, que acredita-se ser um drone, tinha atingido a frente do Airbus A320.

A delegacia de polícia especializada em aviação baseada em Heathrow deu início a uma investigação sobre incidente, mas não foram feitas prisões até a noite deste domingo.

Cidades Educação Geral Natal Social Variedades

Orquestra Sinfônica da UFRN inicia temporada 2016 neste sábado, 23

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Osufrn) faz concerto de abertura da “Temporada Oficial 2016” com a execução de três obras nunca antes realizadas em palcos do RN. A noite de estreias é neste sábado, 23, às 20h, na Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Emufrn).

A sinfônica mantém o projeto de execução de obras diferenciadas e de alto nível de performance. O público vai apreciar “Poema Sinfônico N. 03” de Franz Liszt, “El Salon Mexico” de Aeron Copland e o armorial sinfônico de Danilo Guanais com a obra “Concerto para Fagote e Orquestra”, que terá nesta apresentação sua estreia mundial.

O comando da noite será divido pelos maestros André Muniz e Erickinson Bezerra. Na obra de Danilo Guanais, o solista convidado é o professor da Escola de Música da UFRN e fagotista Alexandre Santos.

De acordo com o maestro e coordenador da Osufrn, André Muniz, a abertura também apresenta a nova formação da orquestra. André explica que todos os anos, antes do início de cada temporada, a Sinfônica realiza audição. Com esta prática, os instrumentistas do ano anterior podem ou não continuar na temporada seguinte. A audição, além de possibilitar a entrada de novos integrantes, também, é um exercício de preparação para o mercado profissional. A seleção é uma prática de grandes orquestras e ajuda a manter o mais alto nível de qualidade do som.

Outra iniciativa que vem sendo realizada nos últimos anos é a “Palestra Pré-concerto”. Uma hora antes do início da apresentação, o público tem a oportunidade de conhecer mais as obras em linguagem simples. André Muniz afirma que sempre é sucesso de público e a iniciativa ajuda na educação musical. A palestra é na sala 24 da Escola.

Sobre o solista

Alexandre Santos é bacharel em música e tem especialização em música de câmara dos séculos XX e XXI, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Suas atuações musicais relevantes como solista de orquestra são: Municipal de Goiânia, Filarmônica de Goiás, Orquestra Sinfônica da Emufrn e Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte. Foi finalista, em 2001, do Concurso Norte-Nordeste de Música de Câmara com o “Duo para Clarineta e Fagote” de César Guerra Peixe. Em 2013, foi vencedor do prêmio Funarte de concertos didáticos. Atualmente, é professor de fagote da Emufrn.

Cidades Economia Famosos Geral Governo Jurídico Política senado federal

“Bela, Marcela sempre foi. Não tanto para conquistar dois concursos de miss. Ela está acostumada a ser vice, acumulando dois segundos lugares”

Marcela Temer e Michelzinho, fruto do casamento com Michel Temer Foto: reprodução/facebook

Marcela Temer e Michelzinho, fruto do casamento com Michel Temer Foto: reprodução/facebook

Fonte: Extra

Marcela Temer, de 43 anos, voltou a ser assunto esta semana. Se em 2011, na posse do primeiro mandato da presidente Dilma, ela roubou a cena com sua beleza emoldurada por uma moderna trança, desta vez a mulher do vice-presidente Michel Temer se tornou, involuntariamente, o maior alvo das feministas. Tudo por conta dos adjetivos “bela, recatada e do lar”, atribuídos à ela por uma publicação, como a simbologia da mulher perfeita.

Bela, Marcela sempre foi. Não tanto para conquistar dois concursos de miss. Ela está acostumada a ser vice, acumulando dois segundos lugares. A loura de Paulínia, no interior de São Paulo, parece ter colocado em segundo plano também o sonho de adolescência: trabalhar na TV e ficar famosa. Pelo contrário. Ela foge dos holofotes. Sua última aparição pública foi na posse presidencial, em janeiro de 2015. Antes disso, foi fotografada na abertura da Copa, em 2014. E só.

Marcela Temer após caminhada Foto: reprodução/facebook

Marcela Temer após caminhada Foto: reprodução/facebook

A vice-primeira-dama está sempre cercada da família, sobretudo da mãe, Norma Tedeschi, em São Paulo, onde mora. É com o filho, Michelzinho, que herdou o nome e os olhos do pai, que ela passa a maior parte do tempo. Marcela não tem rede social, mas seus parentes têm, e a mostram, em algumas fotos, um pouco mais de sua intimidade.

São registros bem triviais de jantares em família, viagens, como a que fez para Nova York no ano passado com dona Norma e o filho, selfies em que pode se ver até um decote recatado e, sobretudo, do dia a dia com Michelzinho. Aquela moça de trança, que há cinco anos causou comoção nacional, aprendeu a se blindar.

Marcela Temer e o filho: cumplicidade Foto: reprodução/facebook

Marcela Temer e o filho: cumplicidade Foto: reprodução/facebook

Marcela Temer na Copa de 2014 Foto: arquivo

Marcela Temer na Copa de 2014 Foto: arquivo