Últimas do FM

Diversos

Natal sediará Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas na próxima semana

palestrantes

Tema central será “Como desenvolver e reter talentos em tempos de crise”

 

“Como desenvolver e reter talentos em tempos de crise?” A resposta para essa pergunta que abrange o Brasil, em geral, será dada com aprofundamento em Natal, nos dias 2 e 3 de junho (quinta e sexta da próxima semana), quando será realizado, no Holiday Inn Natal (Arena das Dunas), o Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas. É mais uma conquista para a capital potiguar no setor de eventos, já que atrairá público de quase toda a região, sobretudo da Paraíba, Pernambuco e Ceará.

Os palestrantes do Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas são consultores atuantes, ex-executivos no mercado corporativo em empresas nacionais e multinacionais. De São Paulo, por exemplo, virão Fernando Lima, que abordará o “Lean Recruiting – desafios da atração de talentos; Leyla Galetto, que falará sobre “O que o processo de assessment pode fazer por sua empresa e por sua carreira” e Adriana Cavalcante, cuja palestra vai mostrar “O profissional do século XXI: expectativas e desempenho”.

Do Nordeste estarão presentes Bruno Cunha, que abordará o tema “Felicidade nas organizações”; Arnaud Marcolino, que falará sobre “Empregabilidade e produtividade: uma relação de conquista entre empresa e profissional”; e o professor Flávio Emílio Cavalcanti, que vai mostrar “Alternativas criativas de remuneração em tempos de crise”

As inscrições para o Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas podem ser feitas pelo site www.foumgestaodepessoas.com.br. Ou ainda nos dois dias do evento, na secretaria do Fórum, no Holiday Inn Natal (Arena das Dunas). A realização do evento está a cargo das empresas Argus (RN) e To Do Outplacement (SP).

Mais detalhes: 99150-4242

 


Política

Temer promete cortar 4 mil cargos de confiança em 2016

000temer

Governo interino de Michel Temer pretende economizar cerca de R$ 200 milhões por ano com cortes de cargos

POR LUIZA SOUTO

O governo interino de Michel Temer promete reduzir 4 mil cargos de confiança até o final deste ano. A meta foi anunciada pelo então ministro do Planejamento, Romero Jucá, dias depois de Temer ter assumido a Presidência da República. O corte de pessoal será obtido com um enxugamento da estrutura dos ministérios.

A expectativa é que o governo economize cerca de R$ 200 milhões por ano se o fechamento de todos esses cargos ocorrer de fato.

O processo de corte de cargos começou ainda na gestão da presidente afastada Dilma Rousseff, quando, no fim do ano passado, ela anunciou a medida dentro do pacote de ajuste fiscal.

Na época, o então ministro do Planejamento Nelson Barbosa falou na extinção de 3 mil vagas. Até o afastamento da petista, haviam sido realizadas 917 exonerações. O governo interino informou que vai considerar esse número para o alcance da meta de 4 mil cargos extintos.

O Globo

Diversos

Projeto de Márcia Maia visa alertar jovens e adolescentes sobre cyberbullying

CRÉDITO NA FOTO:EDUARDO MAIA

Alertar jovens e adolescentes em relação ao assédio moral e sexual, bem como o cyberbullying, é o objetivo de Projeto de Lei apresentado pela deputada Márcia Maia (PSDB) instituindo o Programa de Prevenção e Conscientização da Prática de Assédio Moral e Sexual, Cyberbullying, através da internet, nas escolas públicas e privadas do Estado.

“O assédio moral, a pornografia, o abuso, o programa e a exploração comercial estão tipificados na legislação penal e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Entretanto, não amedrontam os criminosos cibernéticos. Basta um click para que todo o acesso de conteúdo impróprio e agressivo chegue a qualquer pessoa e possa tomá-la vítima em potencial”, justifica a deputada.

Márcia lembra, no encaminhamento do seu Projeto, que desde o Império Romano até a colonização das Américas a exploração da infância e da juventude sempre se fez presente. Segundo justifica, com o advento da internet no mundo, bilhões de pessoas acessam informações e outros conteúdos com grande facilidade, fazendo uso tanto de conteúdos positivos quanto perniciosos. É nesse ambiente nocivo que pessoas inescrupulosas agem, principalmente com crianças e adolescentes.

“A proposição visa prevenir e inibir o avanço das modalidades criminosas, trazendo à baila a necessidade dos estabelecimentos de ensino informarem através de reuniões e palestras programadas, não só o perigo iminente destas ações, como também conscientizar da utilização moderada das redes sociais”, afirma Márcia Maia.

De acordo com um dos artigos do Projeto, haverá sempre que possível a participação, orientação e suporte das secretarias de Segurança, Educação, do Conselho Tutelar, da Vara da Infância e Juventude e demais órgãos de interesse e preservação da criança e do adolescente.


Política

Cresce número de agências de intercâmbio cadastradas no Ministério do Turismo para atender demanda de brasileiros e estrangeiros

CENTRO INTEGRADO NEUQUÉN - INTERCAMBISTAS BRASILEIRAS E PERUANAS

CENTRO INTEGRADO NEUQUÉN – INTERCAMBISTAS BRASILEIRAS E PERUANAS

Com intuito de ampliar conhecimento e promover troca de experiências, muitas pessoas têm optado, cada vez mais, por viagens para investirem em cursos de idiomas e de formação.

Brasileiros e estrangeiros têm optado cada vez mais em aproveitar o período de viagens para aprender um novo idioma ou se dedicar a uma área de interesse. Para atender essa demanda crescente, o número de agências do segmento cadastradas no Cadastur, do Ministério do Turismo, quintuplicou entre 2009 e 2016, passando de 945 agências para 5.425 empresas cadastradas no seguimento de intercâmbio e estudos. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão entre os estados com a maior quantidade de empresas cadastradas.

O turismo de intercâmbio tem a finalidade de ampliar o conhecimento dos estudantes e promover a troca de experiências, seja como voluntário, ensino médio, graduação, mestrado, doutorado, aprendizados de idiomas ou mesmo intercâmbio em empresas. E se por um lado muitos brasileiros vão para o exterior, o segmento também mostra um aumento do interesse pelo Brasil. Esse cenário fez com que o mercado de estudos e intercâmbio crescesse muito nos últimos anos.

A Aiesec, uma organização não-governamental sem fins lucrativos, que promove intercâmbios de jovens até 30 anos em empresas ou para voluntariado, informa que de 2012 para 2015 o número de estrangeiros que vêm para o Brasil mais do que dobrou, passando de 1.570 para 3.957. Enquanto isso, o número de brasileiros que vão para o exterior, no mesmo período, saltou de 1.698 para 2.538. Fernanda Peixoto, da Aiesec Natal, já recebeu dois intercambistas, da Itália e Estados Unidos. Ela é formada em Administração Hoteleira e passou uma temporada em Neuquén, na Argentina, pelo mesmo programa, onde pode aperfeiçoar o espanhol em atividades lúdicas com crianças de escolas públicas locais.

Segundo Martha Ghizzo, da Associação Brasileira de Operadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta), os americanos e os europeus dos países nórdicos e alemães são os principais públicos de intercâmbio. “A desvalorização do real tornou o Brasil mais barato e isso pode atrair ainda mais estrangeiros”, afirma Martha sobre a situação atual. A natureza, a cultura, a música e o jeito acolhedor do brasileiro são os principais fatores que motivam a vinda deles para cá.

CADASTUR – Criado pelo Ministério do Turismo, o cadastro é uma garantia ao consumidor de que a empresa funciona regularmente e pode prestar serviços turísticos.  O Cadastur, que atualmente reúne 58 mil empreendimentos de todo o país, recebe cadastros obrigatórios de meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos e guias de turismo.  Ele dispõe ainda de informações sobre bares e restaurantes, centros de convenções e empresas de apoio ao turismo náutico, que são de cadastramento voluntário.