Últimas do FM

Política

Prefeito diz que greve dos professores é eleitoreira e tem como objetivo confudir a opinião pública

carlos-eduardo-pensativoSOBRE A GREVE DOS PROFESSORES: 

À falta de argumentos plausíveis, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Fátima Cardoso, num lance eleitoreiro de eterna candidata, está lançando mão de inverdades na imprensa e em outros segmentos para mascarar a ação da Prefeitura junto ao magistério e, principalmente, para confundir a opinião pública, especificamente os pais e alunos da rede municipal. E começa com a bárbara distorção de que o piso salarial que nós estaremos pagando este mês, retroativo a janeiro, é graças a transferências do governo federal. A verdade cristalina é que o piso está sendo reposto exclusivamente com recursos próprios, não entrando aí um único centavo federal.

Outra falácia da sindicalista que parece não ter compromisso com a verdade diz respeito aos investimentos que a Prefeitura fez no Carnaval e no Natal em Natal. Ainda não temos a pesquisa deste ano, mas, no ano passado, foram investidos cerca de R$ 4,5 milhões no Carnaval e a cidade obteve um retorno financeiro da ordem de R$ 55 milhões, movimentando a nossa economia. Com o Natal em Natal, com investimento semelhante, o retorno chegou a R$ 80 milhões.

Além disso, todos sabem que os dois eventos foram plenamente planejados e contaram e contam com a parceria de órgãos oficiais e da iniciativa privada, com destaque para Cosern, Ministério do Turismo, Ministério da Cultura, Moinho Dias Branco, Café Santa Clara, Universidade Potiguar (UnP), Hapvida e Ambev, dentre outros, resultando num grande ganho para Natal, que, além de elevar a autoestima do natalense, traz dividendos para o turismo e para a nossa economia.

Não é distorcendo a verdade e atacando nossos principais projetos culturais, que receberam pleno apoio da população e também dos turistas, que o Sindicato dos Professores pode dar um cunho de reivindicação ao seu movimento, quando todos sabem que este é mais um ato puramente politiqueiro. Mas esta estratégia não se sustenta, o povo já está vacinado contra essa demagogia barata, essa tentativa inútil de tentar destruir nossas maiores festas populares. Não conseguirão!

Como uma amostra do que a nossa administração já colocou em prática a favor dos educadores municipais, cito três bons exemplos recentes:

1. Os 4.402 professores da rede municipal vão receber na folha de fevereiro (retroativo ao mês de janeiro) a correção salarial de 11,36%, índice relativo ao piso nacional do professor, o que representa um impacto na folha de R$ 1,754 milhão ao mês e um piso quase 100% maior que o nacional.
2. Em nossa gestão, de 2013 até janeiro deste ano, a correção salarial dos professores no Município chegou a 66,69%, índice não concedido a nenhuma outra categoria no Brasil no período.
3. Em dezembro passado, promovemos o pagamento antecipado das férias de 2016, com investimento de mais de R$ 5 milhões.

Por tudo isso, conclamo a categoria ao bom senso, ao diálogo e à razão, com vistas a não prejudicar os alunos e seus familiares, e levando em conta que o ano letivo se iniciou há apenas uma semana, o que caracteriza a má-fé dos dirigentes do Sindicato e não legitima esse movimento.

Educação

Ex-alunos do Pré 2015 do CEI Zona Sul contam suas experiências no colégio

EX-ALUNOS DO PRÉ-2015 VISITARAM AS SALAS DE AULA E CONVERSARAM COM AS TURMAS.

EX-ALUNOS DO PRÉ-2015 VISITARAM AS SALAS DE AULA E CONVERSARAM COM AS TURMAS.

O primeiro semestre letivo mal começou e os alunos do Pré 2016 do colégio CEI Zona Sul já receberam uma visita muito especial e enriquecedora, que foi a visita dos ex-alunos do Pré 2015 nas dependências da instituição. Eles visitaram as salas de aula e conversaram com as turmas sobre as experiências vividas durante o período em que foram alunos da escola, bem como a importância que o colégio teve em suas formações. Além de contarem como se deu a preparação para o ENEM, fornecendo dicas de como garantir a tão sonhada vaga no SISU.

Para os alunos visitados, o momento foi importante e motivador, pois através de um bate-papo descontraído eles puderam tirar algumas dúvidas com quem já passou pela experiência do ENEM e dividir as aflições que chegam, de vez em quando, por se tratar de um ano de fechamento de ciclo.

EX-ALUNOS FALARAM SOBRE AS EXPERIÊNCIAS VIVIDAS NA ESCOLA

EX-ALUNOS FALARAM SOBRE AS EXPERIÊNCIAS VIVIDAS NA ESCOLA


Mercado Imobiliário

Empresários vão discutir com Robinson a participação do RN no Salão de Madrid

EMPRESÁRIO RENATO GOMES, PRESIDENTE DO SINDICATO DAS EMPRESAS IMOBILIÁRIAS DO RIO GRANDE DO NORTE (SECOVI/RN)

EMPRESÁRIO RENATO GOMES, PRESIDENTE DO SINDICATO DAS EMPRESAS IMOBILIÁRIAS DO RIO GRANDE DO NORTE (SECOVI/RN)

Os empresários do setor imobiliário potiguar vão buscar o apoio do governador Robinson Farias para viabilizar a participação do Rio Grande do Norte no Salão Imobiliário de Madrid, que acontecerá de 5 a 08 de Maio 2016 na capital espanhola.

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas Imobiliárias do Rio Grande do Norte (SECOVI/RN), empresário Renato Gomes, o momento é propicio para a participação no evento, que representa uma oportunidade para que o governo e a iniciativa privada mostrem aos investidores internacionais as potencialidades econômicas do estado.

Para Gomes, a desvalorização do Real diante do Euro e do Dólar também serve de atrativo para que empresas e empresários estrangeiros queiram investir no estado, reeditando o cenário que se verificou em meados de 2008, quando o Rio Grande do Norte recebeu um grande volume de negócios provenientes de países europeus.

Segundo o projeto que será apresentado ao governador, o Rio Grande do Norte deverá participar do evento com um estande compartilhado com representações do setor imobiliário de outros estados. Também está sendo trabalhada a ideia de Robinson Farias fazer para o empresariado internacional uma palestra sobre as oportunidades de negócios no Rio Grande do Norte, nas diversas áreas da economia.

SALÃO IMOBILIÁRIO DE MADRID

SALÃO IMOBILIÁRIO DE MADRID

 


Saúde

Vacina contra a dengue começa a ser testada em voluntários nesta segunda (22)

aedes (1)

AO TODO, 17 MIL VOLUNTÁRIOS DEVERÃO SER IMUNIZADOS. ( FOTO: REPRODUÇÃO EPTV)

O Instituto Butantan começou nesta segunda-feira (22)  a imunizar um grupo de 10 voluntários com a vacina contra a dengue. A instituição é uma das 14 credenciadas para a realização dos testes clínicos no país, e está na fase 3 dos testes clínicos. Esta é a última fase antes que a vacina possa ser submetida à avaliação da Anvisa para registro. Nesta etapa, 1,2 mil voluntários receberão a vacina pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP), mas no total, 17 mil voluntários espalhados em 13 cidades nas cinco regiões do Brasil deverão ser imunizados.

Ao todo, o Governo Federal irá investir R$ 300 milhões no estudo realizado pelo Butantã, e que deverá seguir pelos próximos dois anos comprendendo a terceira e última fase dos estudos. Os voluntários serão acompanhados por um período de cinco anos, para verificação da eficácia da imunização contra o vírus da dengue.

Os resultados da pesquisa dependem de como será a circulação do vírus, mas a estimativa do Butantan é ter a vacina contra a dengue até o ano 2018.