Últimas do FM

Cidades Geral Polícia Segurança Social

‘Falta detalhe jurídico’ para prender suspeitos de estupro, diz Beltrame

Ministro da Justiça e Cidadania Alexandre de Moraes se reuniu com secretário de segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, para tratar de estupro coletivo cometido contra adolescente no Rio (Foto: Alessandro Ferreira/G1)

Ministro da Justiça e Cidadania Alexandre de Moraes se reuniu com secretário de segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, para tratar de estupro coletivo cometido contra adolescente no Rio (Foto: Alessandro Ferreira/G1)

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, garantiu na noite desta sexta-feira (27) que o estupro coletivo praticado contra uma adolescente no Rio não ficará impune. Ao lado dele, o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, diz que “falta detalhe jurídico” para pedir prisão de suspeitos de envolvimento no caso.

“Nós temos absoluta certeza que esse crime não ficará impune e que todos os envolvidos serão presos e condenados”, afirmou Moraes após se reunir com Beltrame no Centro Integrado de Comando e Controle, no Rio.

Questionado sobre por quê a Polícia Civil ainda não pediu a prisão dos envolvidos no caso que já foram identificados, Beltrame afirmou que faltam “detalhes jurídicos” para isso.

“Se o delegado que preside o inquérito não pediu as prisões, podem ter certeza de que faltou algum elemento que fundamente o pedido”, disse o secretário.

Beltrame enfatizou o caráter criminoso de todos os envolvidos no caso. “Seja quem praticou o ato ou quem divulgou as imagens, todos são criminosos e serão presos. É preciso sempre reforçar que a adolescente é vítima”, destacou.

O secretário confirmou uma operação policial foi realizada na tarde desta sexta-feira na região da Praça Seca, em Jacarepaguá, ligada à busca pelos estupradores da jovem, mas não quis dar detalhes da ação.

O ministro da Justiça e Cidadania reiterou que o governo do Rio de Janeiro terá todo o apoio do governo federal para investigar o caso. “Coloquei a Polícia Federal à disposição, mas estou certo de que a Polícia Civil tem totais condições de esclarecer esse crime bárbaro, que agride a todos nós”, ressaltou Alexandre de Moraes.

O ministro também anunciou que se reunirá com todos os secretários estaduais de segurança na próxima terça-feira (31) para estabelecer uma agenda conjunta de combate à violência contra as mulheres e o grande número de homicídios. “Espero que na próxima terça-feira já possamos anunciar a formatação de um departamento de combate à violência contra a mulher no âmbito da Polícia Federal”, disse.

Adolescente de 16 anos deixa o hospital Souza Aguiar com a mãe após estupro coletivo no Rio (Foto: Gabriel de Paixa/Agência O Globo)

Adolescente de 16 anos deixa o hospital Souza Aguiar com a mãe após estupro coletivo no Rio (Foto: Gabriel de Paixa/Agência O Globo)


Cidades Geral Natal Polícia Segurança Social

Mossoró: Policiais prendem foragido da Justiça no Oeste potiguar

Imagem: Ilustração

Imagem: Ilustração

Um foragido da Justiça foi preso nesta sexta-feira (27) na cidade de Mossoró, no Oeste potiguar. De acordo com informações da Secretaria Estadual de Seguraça Pública e Defesa Social (Sesed), o jovem de 20 anos tinha um mandado de prisão em aberto na comarca de Caraúbas, também no Oeste do RN.

Segundo a Sesed, policiais militares realizavam buscas no bairro da Redenção, em Mossoró, quando visualizaram o suspeito em atitude suspeita. O jovem de 20 anos foi abordado pelos policiais e apresentou um documento falso.

Desconfiados, os policiais realizaram um levantamento junto a Central de Operações e descobriu que havia um mandado de prisão em aberto contra o suspeito. Ele é acusado por tráfico de drogas na cidade. Agora, o suspeito também vai responder por falsidade ideológica.

Cidades Geral Natal Polícia Segurança Social

Parnamirim: Operação apreende celulares, facas e serras em presídio da Grande Natal

Facas, serras, celulares e carregadores foram apreendidos durante a operação desta sexta-feira (27) (Foto: Divulgação/ Sejuc)

Facas, serras, celulares e carregadores foram apreendidos durante a operação desta sexta-feira (27) (Foto: Divulgação/ Sejuc)

Facas, serras, celulares e carregadores foram apreendidos durante uma operação de revista na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), localizada na Grande Natal, nesta sexta-feira (27). De acordo com a direção da unidade, agentes penitenciários e do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) realizaram a intevenção.

De acordo com o diretor da unidade, Adailton Pessoa, a operação começou por volta das 9h desta sexta e foi concluída no início da tarde. A revista é mais uma das atividades de rotina estabelecidas pela Sejuc para evitar fugas.

Durante a ação pelo menos 27 facas, 20 celulares e 4 serras foram apreendidas. Carregadores, barras de ferro e chips também foram recolhidos pelos agentes.

Ainda segundo o diretor, os dois pavilhões do PEP tem capacidade para abrigar 288 detentos, no entanto, 615 presos estão cumprindo pena na unidade.

Agentes penitenciários e do GOE realizaram a intervenção nos dois pavilhões do PEP (Foto: Divulgação/ Sejuc)

Agentes penitenciários e do GOE realizaram a intervenção nos dois pavilhões do PEP (Foto: Divulgação/ Sejuc)


Cidades Geral Natal Polícia Segurança Social

Vera Cruz: Dupla é presa após roubar cabos de fibra ótica

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Dois homens foram presos na madrugada desta sexta-feira (27) ao serem flagrados roubando cabos de fibra ótica na cidade de Vera Cruz. Wellington Junior Rodrigo Dos Anjos, 25 anos, e Tasso Luiz Dos Anjos de Oliveira, 27 anos, estavam com mais de 2mil metros de cabos quando foram detidos. Eles não souberam informar para quem ou por qual motiva estariam retirando os cabos e acabaram sendo conduzidos à Delegacia de Polícia Civil e ficaram à disposição da Justiça.