Últimas do FM

Geral

Câmara discute impacto de obras de mobilidade na BR 101

Exibindo AUD. PÚBLICA (24).JPG

CMN AUDIÊNCIA SOBRE IMPACTO DAS OBRAS DE MOBILIDADE URBANA NA BR 101

A Câmara Municipal de Natal discutiu hoje (21), em audiência pública, o impacto das obras de mobilidade urbana na BR 101. A iniciativa foi da vereadora Eleika Bezerra (PSL) e contou com a participação de representantes dos órgãos de mobilidade e trânsito do município e do estado, vereadores, populares e professores especialistas no assunto. Nenhum representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela obra, compareceu.
As obras de readequação da BR 101 entre Natal e Parnamirim começaram há alguns meses com a reestruturação das marginais e agora está sendo iniciada a construção do primeiro de seis viadutos que devem eliminar pontos de congestionamentos. Semáforos darão lugar à tuneis, viadutos e passarelas para que a rodovia se transforme numa via expressa. Contudo, na audiência foi questionado o impacto que as obras deve trazer para a população e as consequências após a conclusão das obras.
Eleika B”O DNIT falhou ao deliberar essa obra sem a participação e discussão em nível local. Creio que ainda dá tempo discutirmos e avaliarmos todas as possibilidade, visto que está começando a construir o primeiro. Hoje foram suscitadas várias alternativas que consideramos viáveis”, disse a vereadora Eleika Bezerra. Ambientalistas disseram na audiência que a obra não deveria ter sido licenciada devido o risco de danos ao meio ambiente.
O professor da UFRN, especialista em engenharia de tráfego, Rubens Ramos, disse que todos os viadutos previstos são problemáticos e sugeriu outras opções. “O único que vai ser, de fato benéfico, sem gerar consequências negativas, é de acesso a Avenida Maria Lacerda. Quanto ao de Neópolis que começa a ser construído, há a opção do túnel que já existe na Avenida das Alagoas que poderia ser ampliado, tudo o que se utiliza para o viaduto poderia ser usado para ampliar o túnel que já existe”, sugeriu. Para ele, investimento maior carece a Avenida Omar O’Grady, no prolongamento da Prudente de Morais para ser transformada no novo acesso de entrada na cidade.
“Não importa qual o tipo de veículo que o cidadão utilize, a Mobilidade Urbana é um assunto de interesse coletivo porque atinge a todos. O trecho específico da BR-101 que nós vamos abordar durante a audiência, já é caótico normalmente. Agora, com a obra, piorou. Será que com ela iremos colher benefícios no futuro?”, questiona a vereadora, informando que o professor Rubens Ramos, engenheiro especializado na área de Transportes, irá esclarecer o que considera como erros e acertos da referida obra.
Internacional

Roma desiste de sediar Jogos Olímpicos de 2024

A PREFEITA DE ROMA, VIRGINIA RAGGI, CONVOCOU UMA COLETIVA À IMPRENSA PARA ANUNCIAR A RETIRADA DA CAPITAL ITALIANA DA DISPUTA PARA SEDIAR OS JOGOS OLÍMPICOS 2024. (FOTO:ALESSANDRO DI MEO)

A PREFEITA DE ROMA, VIRGINIA RAGGI, CONVOCOU UMA COLETIVA À IMPRENSA PARA ANUNCIAR A RETIRADA DA CAPITAL ITALIANA DA DISPUTA PARA SEDIAR OS JOGOS OLÍMPICOS 2024. (FOTO:ALESSANDRO DI MEO)

Um ano depois de ter oficializado a candidatura a cidade-sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2024, Roma voltou atrás. Nesta quarta-feira (21), a prefeita Virginia Raggi anunciou a retirada da capital italiana da disputa. O abandono do projeto olímpico foi comunicado em entrevista no Campidoglio, sede da prefeitura, Virginia Raggi ter faltado a uma reunião com o presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò.

Segundo a Ansa Brasil, seria a última tentativa de Malagòi de reverter a decisão da prefeita, que já era prevista desde que ela foi eleita, em junho passado, apesar dos apelos de cartolas, atletas e do primeiro-ministro Matteo Renzi. O encontro estava marcado para 14h30 (horário local), mas, depois de uma espera de 35 minutos, a delegação do Coni deixou Campidoglio em protesto contra a atitude da prefeita.

“É irresponsável dizer sim a essa candidatura. Falamos isso com força em 2015, reiteramos na campanha eleitoral e dizemos agora. Nunca mudamos de ideia”, afirmou Virgina, ao lembrar que os romanos ainda pagam 1 bilhão de euros da dívida relativa aos Jogos de 1960, realizados na capital italiana.

“Sonho que se torna pesadelo”

A prefeita de Roma disse que não tem nada contra a Olimpíada, mas ressaltou que os Jogos viraram um negócio. “Não às Olimpíadas dos tijolos. Na prática, elas são uma espécie de cheque em branco assinado pelos países-sede. As Olimpíadas são um sonho que se torna pesadelo. É um negócio para os grandes lobbies, os grandes construtores.”

Virginia também citou o caso do Rio de Janeiro, que acaba de sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos: “Não temos dados do Rio, mas temos nos olhos as imagens dos habitantes do Rio.”

Com a confirmação da desistência de Roma, o gabinete da prefeita deve discutir na semana que vem uma moção para retirar formalmente o apoio do Campidoglio à candidatura, o que, na prática, enterrará o projeto olímpico da cidade.

Primeira prefeita eleita em Roma, Virginia tem 37 anos e representa o Movimento 5 Estrelas (M5S), partido populista antissistema que faz oposição ao governo de centro-esquerda de Renzi. O M5S sempre criticou a candidatura, e Virginia, durante a campanha eleitoral, chegou a dizer que era “criminoso” pensar em Olimpíadas enquanto a capital “morre afogada em trânsito e buracos”.

A candidatura da capital italiana havia sido oficializada em 11 de setembro do ano passado, quando o prefeito ainda era Ignazio Marino, de centro-esquerda, que foi derrubado meses mais tarde após ter perdido o apoio de seu próprio partido, o PD, liderado por Renzi. A queda de Marino fortaleceu o desencanto da população com as legendas tradicionais e deu combustível para a vitória de Virgina Raggi nas eleições antecipadas de junho deste ano, quando ela também proporcionou ao M5S o maior triunfo de sua história.

Com a saída de Roma, permanecem na disputa pelos Jogos de 2024 as cidades de Budapeste, Los Angeles e Paris. A prefeita da capital francesa última, Anne Hidalgo, já tentou aproveitar a ocasião para cobrar o apoio de todos os candidatos à Presidência à candidatura de Paris. “O consenso político é um elemento decisivo”, afirmou Anne Hidalgo.

A cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2024 será anunciada em setembro de 2017, em Lima.

Agência Brasil

Política

Túlio e Aladim realizam a maior passeata da história política de Macau

SEGUNDO OS ORGANIZADORES, ESSA FOI A MAIOR CONCETRAÇÃO DA HISTÓRIA POLÍTICA DE NATAL. (DIVULGAÇÃO)

SEGUNDO OS ORGANIZADORES, ESSA FOI A MAIOR CONCENTRAÇÃO DA HISTÓRIA POLÍTICA DE NATAL. (DIVULGAÇÃO)

“Somos todos Tetéo”. Foi com esse slogan levado às ruas, na última terça-feira (20), que a coligação “Mudança de Verdade” realizou a passeata  em defesa da família que reuniu a maior concentração de pessoas já registrada – segundo os organizadores – na história política de Macau em prol de um candidato a prefeito.

Intitulada “em defesa da família”, a passeata foi uma maneira de o povo protestar contra os ataques de calúnias e difamações, divulgados recentemente em um áudio denegrindo a família Tetéo, ao candidato a prefeito de Macau Túlio Lemos (55) e a sua família.

Durante a passeata – que contou com a presença do médico cardiologista Eduardo Lemos – a euforia e o entusiasmo tomaram conta da  multidão  que demonstrou o desejo por uma “Mudança de Verdade” em benefício de uma “Macau Melhor para Todos”.

O médico Eduardo Lemos, muito emocionado, abrilhantou o evento com seu discurso em defesa da família macauense e criticou os que tentam denegrir a  família  Tetéo.

Já os candidatos Túlio Lemos (55) e Aladim apresentaram, em seus discursos, suas propostas à população, mas não pouparam críticas àqueles que tentam transformar a política macauense num campo de batalha de baixo nível.

Cultura

Agência For Friends e Ribeira Boêmia trazem Moyseis Marques (RJ) a Natal

 “NOITE DE BAMBAS” SERÁ ABERTA POR BERTHONE OLIVEIRA E TERÁ SAMBISTA CARIOCA ACOMPANHADO PELA RODA DE SAMBA DO RIBEIRA BOÊMIA


“NOITE DE BAMBAS” SERÁ ABERTA POR BERTHONE OLIVEIRA E TERÁ SAMBISTA CARIOCA ACOMPANHADO PELA RODA DE SAMBA DO RIBEIRA BOÊMIA

Uma verdadeira “Noite de Bambas”. É como será o encontro entre Moyseis Marques (RJ), a roda de samba do Projeto Cultural Ribeira Boêmia e Berthone Oliveira, que acontecerá no próximo sábado, 24.09, a partir das 17h, na Associação Comercial do RN, na Ribeira. O evento será promovido pela Agência For Friends e Ribeira Boêmia.

Moyseis Marques é um dos maiores nomes da nova geração do samba. Mineiro de Juiz de Fora, criado na Vila da Penha, começou a fazer da música profissão em 1998. Em 2001, começou a tocar em bares na Lapa, coração boêmio do Rio de Janeiro. De lá para cá, são 15 anos de carreira; 6 deles dando aulas de música brasileira para cantores na Califórnia (EUA); 3 bandas fundadas (Forró na Contramão, Casuarina e Tempero Carioca); e 4 CDs gravados (“Moyseis Marques”, 2007; “Fases do Coração, 2009; “Pra Desengomar”, 2012; e “Casual Solo”, 2014).

Foi indicado duas vezes para o Prêmio da Música Brasileira e firmou inúmeras parcerias com nomes de peso, como Edu Krieger, Zé Paulo Becker, Alfredo Del-Penho, Zé Renato, Ana Costa, Luiz Carlos da Vila, João Calado, Luis Carlos Máximo, Moacyr Luz e Pedro Luís, entre outros. Recentemente gravou os sambabooks de Martinho da Vila e de Arlindo Cruz, numa faixa em homenagem a Vinícius de Moraes.

Berthone Oliveira, com um repertório recheado de clássicos que vão desde Noel Rosa, Cartola, Nelson Cavaquinho e João Nogueira, a Fundo de Quintal, Jorge Aragão e Teresa Cristina, entre outros, abrirá a “Noite de Bambas”. Nascido em Niterói (RJ), transformou Natal em sua morada e aqui fez carreira. Deu os primeiros passos no mundo do samba de forma profissional 1999. Em 2012 lançou o primeiro CD, chamado “Dia do Samba ao vivo”. Em 2013 chegou à praça o seu segundo trabalho, intitulado “Dia do Samba ao vivo 2”.

A Noite de Bambas contará com a parceria da Associação Comercial e Empresarial do RN, onde será realizada, e de importantes apoios culturais, que viabilizaram sua realização, como Universitária FM; Sistema Fecomércio RN – Sesc; PRATIKA Locações; ABIH RN; CAA – OAB RN; Le Postiche; HIGHSTIL; Empório da Limpeza; e AR Geradores.

Mais sobre Moyseis Marques

Fundador das bandas Forró na Contramão, Casuarina e Tempero Carioca, participou também das bandas Casa Quatro e Rio Maracatu. Seu projeto “Moyseis Marques e Família” revelou as cantoras Patrícia Oliveira e Elisa Addor. Sua canção “Pretinha Joia Rara” integrou a trilha sonora da novela Caminho das Índias, de Glória Perez, na Rede Globo.

É conhecido pelo seu trabalho de cantor e compositor de sambas, revelado no circuito noturno do bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. Participou também do disco do violonista Zé Paulo Becker e do grupo Unha de Gato. Participou do Prêmio Visa, em 2006, em São Paulo, defendendo o compositor Luiz Carlos da Vila, com a música “Profissão”, fazendo parte também do Instituto Luis Carlos da Vila.

Participou também do projeto Samba Social Clube, volumes 2 e 4; do projeto Mário Lago – HOMEM DO SECULO XXI; e do MPB DE RAIZ, do radialista Adelzon Alves. Atuou como corista em diversos trabalhos do produtor, arranjador e violonista Paulão 7 Cordas. Lançou seu primeiro disco solo em 2007, pela Deckdisc, o álbum homônimo “Moyseis Marques”, e seu segundo álbum, “Fases do coração”, em Maio de 2009. Em 2012, lançou pela Biscoito Fino seu terceiro CD, “Pra Desengomar”. Moyseis lançou seu quarto CD em 2014, o voz e violão “Casual Solo”.

 Serviço:

O quê? Noite de Bambas, com Moyseis Marques (RJ), Roda de Samba do Ribeira Boêmia e Berthone Oliveira.

Quando? Sábado, 24 de setembro de 2016, a partir das 17h.

Onde? Associação Comercial e Empresarial do RN, na Av. Duque de Caxias, nº 191, Ribeira (próximo ao Teatro Alberto Maranhão).

Quanto*? Ingressos antecipados a preços promocionais (meia entrada promocional para todos): R$ 30,00.

 

Vendas antecipadas de ingressos: Le Postiche (Midway Mall – 2º piso) e HIGHSTIL (Natal Shopping – 2º piso).