Últimas do FM

Cidades Economia Geral Governo Internet Jurídico Segurança Social Tecnologia

Contribuintes têm último fim de semana para declarar Imposto de Renda

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Este é o último fim de semana para os contribuintes preencherem a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016, antes do encerramento do prazo, no dia 29 de abril, próxima sexta-feira.  De acordo com o último balanço divulgado pela Receita Federal, ontem (22),  chegava o 15.046.172 o número de declarações enviadas. Ou seja, pouco mais da metade (52,8%) dos documentos previstos para este ano.

O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. O órgão liberou um perguntão, elaborado para esclarecer dúvidas quanto à declaração referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015.

O aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) está disponível nos sistemas Android e iOS, da Apple. Os aplicativos podem ser baixados nas lojas virtuais de cada sistema.

Recentemente, a Receita Federal divulgou um vídeo de animação para ajudar os contribuintes que ainda não enviaram a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016.

Com uma linguagem simples, os produtores do vídeo procuram apresentar os pontos básicos da declaração, tais como limite de isenção, valores de multa por não entrega, rendimentos tributáveis, opção por desconto simplificado e itens do patrimônio que devem ser declarados. O vídeo foi divulgado no canal oficial da Receita Federal no youtube, a TV Receita.

Quem perder o prazo de entrega estará sujeito a multa de R$ 165,74 ou de 1% do imposto devido por mês de atraso, prevalecendo o maior valor. A multa máxima pode chegar a 20% do imposto devido.

Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016. A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.


Cultura Famosos Geral Internacional Mundo Social Variedades

Corpo de Prince foi cremado neste sábado em Nova York

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O corpo do músico norte-americano Prince foi cremado hoje (23) em uma cerimônia privada. Segundo a relações públicas Anna Meacham, um grupo restrito de pessoas mais próximas ao músico participou da cerimônia de cremação. As cinzas deverão permanecer em local privado. Anna Meacham acrescentou que em breve será anunciada a data de uma celebração musical pública.

A relações públicas disse também que serão necessárias quatro semanas para os resultados da autópsia sobre a causa da morte de Prince.

O músico Prince morreu na quinta-feira (21), aos 57 anos. O seu corpo foi encontrado na sua casa, em Paisley Park, no estado de Minnesota.

Informações: Agência Lusa

Cidades Corrupção Economia Emprego Geral Governo Internacional Jurídico LAVA JATO Política senado federal Social

Meirelles se reúne com Temer para analisar cenário econômico do país

O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles reuniu-se com o vice-presidente Michel Temer para discutir os rumos necessários para retomada da economia                          Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil

O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles reuniu-se com o vice-presidente Michel Temer para discutir os rumos necessários para retomada da economia. (Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil)

O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles disse hoje (23), após reunião com Michel Temer, que a conversa foi sobre o diagnóstico da economia brasileira, assim como o vice fez com outros especialistas. Segundo ele, Temer “corretamente” não se manifestou sobre diversos assuntos, porque ainda aguarda pronunciamento do Senado Federal [sobre impeachment] e só a partir daí se pronunciará.

“Dei a ele [Temer] a minha visão, o que acho, de qual é a situação, quais as razões da presente contração econômica, o que acontecerá, o que pode ser feito etc”, afirmou. Meirelles negou ter sido convidado para comandar a economia em um eventual governo Temer, mas destacou que, mesmo se não for ministro, estará disposto a ajudar. “Não trabalho com hipóteses. Sempre fiz isso na minha vida profissional toda”, destacou.

Para ele, “é preciso tomar medidas que sinalizem claramente que a trajetória de crescimento da dívida pública vai ser revertida no devido prazo, e que, a partir daí, a confiança possa aumentar e com o aumento da confiança, aí sim, os investimentos possam aumentar e, a partir daí, a atividade econômica”.

Meirelles disse ainda que existem muitas oportunidades no país, mas, “evidentemente”, a questão principal é a resolução da questão política. “A partir daí o redirecionamento econômico segue naturalmente”. Meirelles ainda destacou como espera que seja o combate à inflação. Ele enfatizou que o Banco Central tem um remédio clássico, testado durante décadas em diversos países e testado também com sucesso no Brasil, que é uma política monetária adequada. “Com isso, a inflação tende a convergir para a meta com boa coordenação das expectativas de inflação. Acredito que essa não deveria ser uma dificuldade no Brasil”, afirmou.

Cidades Educação Geral Governo Internet Segurança Social Tecnologia Variedades

Entenda o que pode mudar com planos de franquia de dados

Em vez de ter a internet contratada apenas pela velocidade de navegação, poderá haver também um limite para o uso de dados. (Imagem: Reprodução)

Em vez de ter a internet contratada apenas pela velocidade de navegação, poderá haver também um limite para o uso de dados. (Imagem: Reprodução)

Um dos assuntos mais discutidos na última semana nas redes sociais foi a possibilidade de as operadoras de telecomunicações começarem a oferecer pacotes de internet fixa com limite de dados.

Hoje em dia, quem utiliza internet no celular (3G e 4G) já têm o hábito de controlar o uso da rede, e costuma receber avisos das operadoras sobre o consumo de sua franquia. Mas, na internet fixa, geralmente não há esse controle.

Apesar de não ser proibido pela regulamentação do setor, tradicionalmente, as empresas vendem apenas o acesso à rede a uma determinada velocidade, sem estabelecer uma franquia de dados. Com isso, o usuário pode trafegar como desejar e não tem um limite de consumo.

Desde o início do ano, no entanto, algumas operadoras que oferecem internet fixa vêm anunciando que podem adotar o sistema de franquia para a comercialização dos novos planos de banda larga fixa.

Ou seja, em vez de ter a internet contratada apenas pela velocidade de navegação, poderá haver também um limite para o uso de dados. Quando essa franquia acabar, o acesso à internet poderá ser cortado, ou a velocidade reduzida, como acontece na internet móvel.