LAVA JATO

Operação Lava Jato: PGR investiga doações feitas a Henrique Alves na campanha para o governo do RN

PGR QUER APURAR DOAÇÕES INTERMEDIADAS PELO PRESIDENTE DA CÂMARA, DEPUTADO EDUARDO CUNHA (PMDB/RJ)

PGR QUER APURAR DOAÇÕES INTERMEDIADAS PELO PRESIDENTE DA CÂMARA, DEPUTADO EDUARDO CUNHA (PMDB/RJ)

 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quer investigar doações no valor total de R$ 300 mil, feitas pela empresa Carioca Engenharia para a campanha de Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao governo do Rio Grande do Norte.
A apuração faz parte do terceiro pedido de abertura de inquérito junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, ainda no âmbito da Operação Lava Jato. O procurador quer apurar doações intermediadas por Eduardo Cunha feitas supostamente ao ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), quando ele concorreu ao cargo de governador do Rio Grande do Norte, em 2014.
A defesa de disse que o ministro Henrique Eduardo Alves está à disposição para esclarecimentos e  afirmou que todas as doações para a campanha ao governo do Rio Grande do Norte foram legais e estão disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral.


Deixe um Comentário