Polícia

Operação do MPRN e PM prende integrantes de facção criminosa em Extremoz

AO TODO, 10 PESSOAS FORAM PRESAS E FORAM APREENDIDAS SETE ARMAS.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta segunda-feira (1º) a operação Missão Guajiru. A ação tem por objetivo prender integrantes de uma facção criminosa que atuam em Extremoz, cidade da Grande Natal. Ao todo, 10 pessoas foram presas e foram apreendidas sete armas. Além de Extremoz, houve cumprimento de mandados em Natal e Macaíba.

A operação Missão Guajiru é resultado de seis meses de investigação. Os presos têm envolvimento com assassinatos, tráfico de drogas, roubo e furto de veículos e outros crimes. Durante o cumprimento dos mandados, ainda foram apreendidas cinco armas de fogo e drogas (maconha, crack e cocaína) que estavam em poder dos criminosos. Todos eles têm envolvimento com uma facção criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais potiguares.
Entre os presos está o traficante de drogas Francisco Nunes Filho, o Júnior Bomba, apontado como sendo um dos chefes da facção criminosa. Das cinco armas apreendidas na operação, três estavam com ele.
O nome da operação é uma referência à origem histórica da cidade de Extremoz, que quando foi fundada por jesuítas tinha o nome de Missão Guajiru.

FORAM APREENDIDAS CINCO ARMAS DE FOGO E DROGAS (MACONHA, CRACK E COCAÍNA) QUE ESTAVAM EM PODER DOS CRIMINOSOS


Deixe um Comentário