Ministério Público

Operação Anteros: ministro concede nova prorrogação de prisões de assessores do governador Robinson Faria

CHEQUES ASSINADOS PELO GOVERNADOR ROBINSON FARIA ESTAVAM SOB O PODER DE ADELSON FREITAS DOS REIS E MAGALY CRISTINA DA SILVA

O ministro Raúl Araujo, do Superior Tribunal de Justiça, prorrogou pela segunda vez, por mais cinco dias, as prisões temporárias de Adelson Freitas e Magaly Cristina. Eles foram presos há uma semana durante a Operação Anteros, da Polícia Federal; O novo pedido de prorrogação foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF).

A primeira prorrogação terminaria hoje. Agora, eles ficam presos até a segunda-feira (28). As prorrogações das prisões temporárias estão sendo pedidas pela Procuradoria Geral da República e concedidas pelo ministro do STJ porque o material apreendido nas buscas e apreensões realizadas pela Polícia Federal (PF) na operação “Anteros” ainda está sob análise.

As mídias, smartphones e documentos encontrados estão nas mãos de peritos, que fornecerão as informações necessárias à investigação. Entre o material estão cheques assinados pelo governador Robinson Faria (PSD), que estavam sob o poder de Adelson Freitas dos Reis e Magaly Cristina da Silva.

Fonte: Tribuna do Norte



Deixe um Comentário