Política

“O Homem Vem Aí”: candidatura de Cláudio Santos ao governo do RN tem ‘jingle’ divulgado nas redes sociais

 

Provável candidato ao governo do Estado nas eleições de 2018, o suposto projeto político do desembargador Cláudio Santos acaba de ganhar um jingle que começou a circular intensamente nas redes sociais na manhã desta sexta-feira. Embora não faça alusão direta ao nome de Santos, a peça publicitária remete a sua pessoa, com o refrão ‘O Homem Vem Aí’.

Em contato com o BLOG DO FM, o desembargador Cláudio Santos fez questão de enfatizar que não tem qualquer responsabilidade com relação a criação do jingle e que o teor do mesmo pode se aplicar a qualquer político. “Não me identifico. A música é apócrifa e não aponta quem é o candidato. Se aplica a qualquer um político, não a minha pessoa”, enfatiza.

‘O HOMEM VEM AÍ’

O jingle diz que O RN tem que andar prá frente, precisa de alguém que esteja preparado – um homem honesto e competente para botar moral nesse nosso estado”.

E continua: “Essa esperança está nascendo, em breve a hora vai chegar/ o homem vem aí e o Rio Grande do Norte agora vai mudar/ o homem vem aí, agora coisa vai/ o homem vem aí prá fazer muito mais/ o homem vem aí, eu tô com ele e não abro/ o homem vem aí pra botar nesse nosso estado”.

Embora não tenha tradição na política potiguar, nem seja detentor de currais eleitorais, o nome de Cláudio Santos ganha a cada dia repercussão como suposto candidato ao Governo do Estado, a partir de um trabalho de base que vem sendo feito com o apoio de formadores de opinião e influenciadores digitais de Natal e de outras regiões do Estado, principalmente no Seridó.

PROVÁVEL CANDIDATO AO GOVERNO, CLÁUDIO SANTOS ESCREVE ARTIGOS APONTANDO INEFICIÊNCIA GESTÃO ROBINSON FARIA

Opositor voraz do governador Robinson Faria, cuja fragilidade administrativa costuma apontar em artigos publicados em jornais, Cláudio Santos, em seus posicionamentos públicos, tece duras críticas ao governo estadual, diante do cenário de caos gerando pela ineficiência da gestão pública na área da segurança.

Segundo dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), no Rio Grande do Norte, o número de homicídios, latrocínios, lesões corporais seguida de morte e outras condutas dolosas que resultam em morte, registra um crescimento de cerca de 50% ( 1.426 ocorrências em 2017) a mais com relação a 2015 (936 ocorrências).


1 Comentário

Deixe um Comentário