Cidades

MPRN recomenda remoção de alusões pessoais ao prefeito do município de Passagem-RN, nos bens públicos

PREFEITO INSERIU SUA FOTO EM AGENDAS ESCOLARES E PINTOU PRÉDIOS PÚBLICOS COM A COR DE SEU PARTIDO

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça de Santo Antônio, recomendou à Prefeitura de Passagem que retire alusões pessoais ao prefeito, ou ao partido, nas instâncias públicas da cidade. De acordo com inquérito civil instaurado na cidade, há fotografias pessoais do prefeito em agendas escolares, além de pinturas de prédios públicos e fardamentos na cor verde, que remete ao partido ao qual ele é filiado.

Conforme afirma a Constituição Federal, a promoção pessoal por parte das autoridades públicas na publicidade dos atos públicos constando seus nomes, símbolos ou imagens, assim como o uso de cores que façam alusão às cores utilizadas pelo partido da atual gestão, configuram improbidade administrativa, ao ferir o princípio de impessoalidade na administração pública.

A remoção das referências ilícitas é de obrigação do próprio gestor, que deve custear todos os procedimentos. A Prefeitura não pode ser onerada, visto que custeou indevidamente a alteração de símbolos e imagens em seus bens.

O prefeito terá o prazo de 15 dias para remover suas fotos das agendas escolares e remover a pintura verde das propriedades públicas. Na recomendação ainda consta a interrupção imediata da exposição de quadros com a figura do gestor nas Secretarias Municipais, a pintura de bens públicos na cor de seu partido e qualquer outra propaganda institucional na mídia que referenciem à sua figura pessoal.



Deixe um Comentário