Cidades

MPRN inaugura sede das promotorias de Justiça de Parnamirim

 SEDE FOI ERGUIDA DENTRO DE PARÂMETROS MODERNOS, OBSERVANDO NORMAS DE ACESSIBILIDADE E SEGURANÇA. (DIVULGAÇÃO)


SEDE FOI ERGUIDA DENTRO DE PARÂMETROS MODERNOS, OBSERVANDO NORMAS DE ACESSIBILIDADE E SEGURANÇA. (DIVULGAÇÃO)

O Ministério Público do Rio Grande do Norte inaugura oficialmente sexta-feira (22) a nova sede das Promotorias de Justiça de Parnamirim. A solenidade começa às 10h na rua Suboficial Farias, nº 1415, centro. O projeto concretizado buscou melhorar a qualidade dos serviços ministeriais na 3ª maior comarca do RN, que demandava incrementos de infraestrutura.

A nova sede foi construída dentro de parâmetros modernos, em terreno de quase dois mil m², e possui 1.330,63 m² de área construída. Está dividida em três pavimentos onde estão instalados recepção, secretarias, protocolo, arquivo, salas de informática, de reuniões e de apoio, gabinetes para 16 promotorias de Justiça (suficientes até mesmo para uma expansão da quantidade de promotores hoje existentes em Parnamirim) e área técnica.

O investimento na obra foi de R$ 3.199.568,24, beneficiando comarca com população estimada pelo IBGE em quase 250.000 habitantes. O novo imóvel se destaca também por possuir estacionamento interno e externo e elegante auditório, com capacidade para 55 pessoas.

Além disso, a construção finalizada atende às normas de acessibilidade, a exigências de segurança institucional e dispõe de sistema de aproveitamento de água pluvial para descargas dos vasos sanitários e manutenção do jardim. O acesso entre os pavimentos é feito através de escada e de elevador. O prédio dispõe ainda de gerador e subestação elétrica.

O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, destaca o enorme esforço desenvolvido pelo MPRN para a construção da nova sede de Parnamirim, em paralelo a outras que estão em fase final de obras. Ele enfatiza que, num momento de grave crise econômico-financeira, que tem reduzido as disponibilidades orçamentárias dos órgãos públicos e provocado até mesmo a quase paralisa de alguns deles, o Parquet potiguar conseguiu se organizar de tal modo que tem mantido seus investimentos na melhoria da qualidade estrutural de suas unidades, propiciando melhores condições de trabalho para os membros e servidores, bem como ambiente confortável, acessível e digno para o atendimento da população que procura a Instituição para a defesa de seus direitos.

Por fim, destacou igualmente o PGJ que a inauguração da sede vem dentro de uma série de investimentos do MPRN na região metropolitana de Natal, os quais já haviam provocado, em 2015, a expansão do quadro de membros, servidores e assessores de Parnamirim, que teve três novas promotorias de justiça instaladas para melhor executar as atribuições ministeriais em benefício dos cidadãos da cidade.


Deixe um Comentário