Geral

MPF arquiva processo de pedido de impugnação das eleições do Creci-RN

PRESIDENTE DO CRECI RN, WALDEMIR BEZERRA FOI REELEITO PARA MAIS UM MANDATO

Após ter conseguido a vitória nas urnas, de forma democrática, com a maioria dos votos dos corretores de imóveis do estado, a chapa “Renovando e Trabalhando a Valorização do Profissional” conseguiu mais uma vitória. O Ministério Público Federal arquivou o processo impetrado pela chapa concorrente ao pleito que pedia a impugnação da eleição.

De acordo com o texto assinado pelo procurador da República, Felipe Valente, o Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci) regularizou o processo eletivo em todo o país por meio de normas eleitorais e, concedeu o prazo de 46 dias para que as chapas pudessem seguir as regras estipuladas para o pleito.

Ainda segundo a resolução, a candidatura da chapa concorrente foi impugnada por alguns fatores, como inadimplência das obrigações financeiras com o conselho e condenação em processos de disciplina por parte de alguns integrantes da chapa.

Representantes da chapa ganhadora foram convidados a prestar esclarecimentos a respeito do pleito e iniciada a investigação que averiguou que não houve invulnerabilidade no pleito: “No entanto, não se vislumbra, no presente caso, a existência de irregularidades que transcendem a órbita meramente particular dos interessados a concorrer aos cargos de direção do Conselho Regional. Não há pois, qualquer indicativo de que os fatos reportados prejudiquem os direitos, interesses ou garantias tutelados por este Órgão Ministerial, notadamente os de caráter coletivo”, diz a publicação.


Deixe um Comentário