Política

Morrendo pela boca: candidatura de Styvenson ao Senado poderá ser retirada pelo partido Rede Sustentabilidade

STYVENSON VALENTIM PODERÁ TER A SUA CANDIDATURA A SENADO IMPLODIDA PELA REDE

Tipo peixe que morre pela boca, a coisa está preta para o capitão da Polícia Militar, Styvenson Valentim, que é candidato a senador pelo partido Rede Sustentabilidade. A agremiação partidária poderá na noite desta quinta-feira, 30, retirar a candidatura do militar.

O “bota fora” da candidatura de Valentim será decidido a partir das 18 horas, durante reunião que será realizada em consonância com a Executiva nacional da legenda.

“Ou o capitão Styvenson alinha o discurso dele, ou a gente vai retirar a candidatura dele da Rede. Ele é o todo poderoso, para qual todo político não presta. Só quem presta é ele”, revelou um dirigente do alto escalão partidário, que vê a possível eleição do militar para o Senado como um “problema futuro para o partido”.

Para abortar a candidatura de Valetim, a Rede já tem uma estratégia definida, caso os dirigentes partidários batam o martelo na noite de hoje: o primeiro suplente de Valetim, que é Alisson Taveira, ex-candidato a prefeito de Touros, renunciaria à suplência, o que tornaria imediatamente inviabilizaria a candidatura do militar.

“Alisson renunciando, automaticamente a candidatura de Styvenson fica inviável”, garante a fonte.



Deixe um Comentário