Natal

Morre de câncer no São Lucas “Seu Brás”, símbolo da geração paz e amor de Natal da década de 80

“SEU BRÁS”, CUJO NOME DE BATISMO ERA OSIRES, REPRESENTAVA O SENTIDO DA PALAVRA “IRREVEREÊNCIA” ENTRE OS JOVENS DOS ANOS 80

Surfista, modelo, roqueiro e figura tradicional de Natal na década de 80, faleceu hoje, na Casa de Saúde São Lucas, “Seu Brás”, nome que era referência e símbolo da chamada “geração dourada” natalense, grupos de jovens de classe média, que nos anos 80 representavam a “contracultura” local e faziam festas embalados pelo som made in Woodstock, o festival que nos anos 60, numa  fazenda de 600 acres,  na cidade de Bethel, no estado de Nova York, Estados Unidos, reuniu durante um fim de semana chuvoso mas de 400 mil jovens em três dias de música, paz e amor livre.

“Seu Brás”, cujo nome de batismo era Osires, fazia sucesso com as  “meninas” da época, que participavam das “turmas de pinta e cabeludos” existentes naquelas décadas pós-Woodstock.

Para alguns, ele não passava de um “hippie” de classe media, mas para muitos, “Brás” representava o sentido da palavra “irreverência” entre os jovens.

Versátil, ele chegou até a ser eleito “O Homem mais Bonito de Natal”, em um concurso que surgiu no nada, realizado no antigo Hotel Tirol.

A divulgação da morte Brás no Facebook do empresário Jackson Leiros rendeu dezenas de comentários, regados em saudade e surpresa.

O câncer que conseguiu vitimar “Seu Brás”, não é suficiente para a apagar da memória de seus amigos e contemporâneos as recordações das belas tardes de domingo no “quem me quer” da praia dos Artistas.

Tardes de muita paz e amor.

Com certeza, “Seu Brás” deixará o Céu mais “odara”.

 

 


1 Comentário

Deixe um Comentário