Segurança

Ministro diz que mil homens das Forças Armadas ficarão no RN em caso de necessidade

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou nesta quinta-feira (11) que, após o fim da greve das polícias do Rio Grande do Norte, mil homens das Forças Armadas ainda permanecerão no estado, em condições de “pronto emprego” para o caso de necessidade.

Jungmann também disse que a ação de garantia da lei e da ordem (GLO) das Forças Armadas no estado, que mobilizou 2.800 homens, terminará na sexta-feira (12).

As polícias civil e militar do Rio Grande do Norte entraram em greve em dezembro, por atraso no pagamento do salário e más condições de trabalho.

Fonte: G1



Deixe um Comentário