Saúde

Maternidade Araken Pinto inicia cadastro de doulas em Natal

COM BASE NA LEI E PENSANDO NO BEM-ESTAR DAS FUTURAS MAMÃES, A MATERNIDADE ARAKEN IRERÊ PINTO INICIOU UM CADASTRO DE DOULAS NO MÊS DE NOVEMBRO

A Lei Municipal nº 542 promulgada em 18 abril de 2018 estabelece a presença de doulas durante o trabalho de parto, o parto e no período pós-parto imediato, nas maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres, situados no Município de Natal, e dá outras providências.” A palavra “Doula” tem origem grega e significa “mulher que serve”. Hoje em dia ela é utilizada para referir-se amulheres que orientam e assistem às novas mães no parto e nos cuidados com o bebê. Sua função é oferecer suporte emocional, encorajamento, conforto, tranquilidade, físico e informativo durante o período de intensas transformações que a mulher grávida está vivenciando. Seja antes, durante ou depois do parto.

Com base na lei e pensando no bem-estar das futuras mamães, a Maternidade Araken Irerê Pinto iniciou um cadastro de doulas no mês de novembro. O cadastro ficará aberto permanentemente. Para fazer o cadastro a doula deve levar um certificado de formação juntamente de uma foto 3×4 e carteira de identidade. Depois de entregar os documentos a doula assinará um termo de compromisso e de conduta com a maternidade. Sem vínculo com a maternidade, mas devidamente identificada, ela receberá um crachá de identificação para poder atuar e prestar seus serviços tranquilamente nas dependências da Maternidade Araken Pinto.

“A instituição tem buscado conversar com os diversos setores da sociedade, principalmente com os movimentos das mulheres. Muitas das mulheres buscam uma humanização de parto, pretendendo uma experiência de parto mais fisiológica e natural, na direção da valorização das escolhas das mulheres no momento do parto, causando um protagonismo e empoderamento para elas. Então ter uma lei de doulas que viabiliza e respeita sua escolha é fundamental. A instituição reconheceu e confirmou a importância da doula no parto com esse cadastro, nosso cadastro é feito pensando no bem-estar dessas mulheres para elas terem esta experiência da melhor maneira possível.” destaca Aloma Fonseca, a diretora-geral da maternidade que explica ainda que em algumas maternidades só é permitido ou a entrada do companheiro ou da doula no momento do parto, o que acaba deixando a mulher em uma situação desagradável num momento tão importante em sua vida.

A doula interessada em fazer seu cadastro deverá comparecer na Maternidade Dr. Araken Irerê Pinto que fica localizada na Rua Coronel Juventino Cabral, número 1735 no bairro de Tirol. Para fazer o cadastro a doula deve procurar a fonoaudióloga Rosário Bezerra ou a assistente social Jussara Virgínia da Silva em horário comercial. Lembrando que para fazer o cadastro é necessário um certificado de formação, uma foto 3×4 e carteira de identidade.


Deixe um Comentário