Eleições 2018

Marina diz que fará oposição ao presidente que for eleito

MARINA SILVA TERMINOU O PRIMEIRO TURNO DESTE ANO EM OITAVO LUGAR, COM POUCO MAIS DE 1 MILHÃO.

A candidata da Rede, Marina Silva (Rede) afirmou após a confirmação do resultado do primeiro turno da eleição presidencial que estará na oposição “independentemente de quem seja o vencedor”.

O segundo turno será disputado por Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Indagada se apoiará um dos dois, afirmou que ainda discutirá o assunto com os correligionários da Rede.

Marina Silva, que obteve mais de 22 milhões de votos como terceira colocada na eleição presidencial de 2014, terminou o primeiro turno deste ano em oitavo lugar, com pouco mais de 1 milhão.

“Independentemente de quem seja o vencedor, nós estaremos na oposição. O Brasil vai precisar de uma oposição democrática. Podemos assegurar: estaremos na oposição porque é a única forma de quebrar o ciclo vicioso”, declarou.

Esta é a terceira vez consecutiva que Marina Silva sai derrotada de uma eleição presidencial. Em 2014, quando era filiada ao PSB, a ex-senadora ficou em terceiro lugar no primeiro turno. A mesma posição que alcançou no pleito de 2010, quando disputou pelo PV.

O Globo


Deixe um Comentário