Corrupção

Lula diz ser mais honesto que Sérgio Moro e avisa: “Cutucaram o cão com vara curta”

Foto: Nelson Almeida/AFP

Foto: Nelson Almeida/AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em ato na quadra Sindicato dos Bancários na noite dessa sexta (4) que está “vivo”, numa referência à disputa presidencial de 2018. “Cutucaram o cão com vara curta e, portanto, quero me oferecer a vocês”, afirmou Lula.

 “A partir de hoje, a resposta que posso dar é ir para as ruas e dizer: “estou vivo e sou mais honestos do que vocês”.

Classificando a ação desta sexta-feira como uma “provocação banal e imbecil” e dizendo-se vítima de um “sequestro”, Lula afirmou ser mais honesto do que o juiz Sergio Moro.

 “Pode pegar o Procurador-Geral da República, pode pegar o doutor Moro, pode pegar o delegado da Polícia Federal e juntar todos eles. Se eles forem R$ 1 mais honestos do que eu, desisto da vida pública.”

Lula chorou várias vezes diante de milhares de militantes do PT que lotaram a quadra do sindicato, no centro de São Paulo, num ato em homenagem a ele e contra as investigações da Operação Lava Jato.

O petista foi recebido sob aplausos e gritaria por volta das 20h30. Até a noite desta sexta, estimativa de público feita pelo Sindicato dos Bancários era de 5.000 pessoas. Lideranças do PT, incluindo o presidente do partido Rui Falcão e o prefeito Fernando Haddad, estavam presentes.

“Transformaram minha importância política à subordinação a empresas envolvidas na Lava Jato.”

Lula afirmou também que se quiserem o derrotar, terão de o “enfrentar nas ruas desse país”.

“Quero comunicar aos dirigentes que estão aqui que, a partir de segunda-feira, estou disposto a viajar esse país do Oiapoque ao Chuí. Se alguém pensa que vai me calar com perseguição e denúncia, vou falar que sobrevivi à fome. Não sou vingativo e não carregou ódio na minha alma, mas quero dizer que tenho consciência do que posso fazer por esse povo e tenho consciência do que eles querem comigo.”

“Se vocês estão precisando de alguém para comandar a tropa, está aqui.”

Fonte: Gazeta do Povo


Deixe um Comentário