Política

Lula diz que sítio em Atibaia foi presente de um amigo e admite disputar a presidência da república “se for necessário”

DECLARAÇÃO DO EX-PRESIDENTE ACONTECEU DURANTE O SEU DISCURSO NA FESTA DE 36 ANOS DO PT. (FOTO: ALEXANDRE CASSIANO/AGÊNCIA O GLOBO)

DECLARAÇÃO DO EX-PRESIDENTE ACONTECEU DURANTE O SEU DISCURSO NA FESTA DE 36 ANOS DO PT. (FOTO: ALEXANDRE CASSIANO/AGÊNCIA O GLOBO)

 

Aos pouco mais de mil militantes que participavam da festa de aniversário de 36 anos do PT, Lula disse que a chácara de Atibaia foi “uma surpresa” oferecida por Jacó Bittar, ex-prefeito de Campinas e de quem é “amigo há 40 anos”, para que pudesse utilizar quando deixasse a Presidência da República

Segundo o ex-presidente, o imóvel foi comprado com um cheque administrativo repassado por Bittar ao filho, Fernando. Lula, que insistiu em dizer que a surpresa sobre a existência do sítio foi revelada a ele apenas na segunda semana de janeiro de 2011, quando Dilma Rousseff já havia assumido, atacou a imprensa pela cobertura da investigação:

“Ando de saco cheio com comportamento dos nossos inimigos e da imprensa. Brigamos para ter Ministério Público forte. Não imaginava ter uma parte do Ministério Público subordinada à imprensa brasileira, fazendo o jogo da “Veja”, do GLOBO. As pessoas que se subordinam desta forma não merecem o cargo.”

Lula ainda negou ser o dono do tríplex no Guarujá (SP):

— Digo que não tenho apartamento. Um cidadão, obedecendo ao GLOBO e a TV Globo, diz que o tríplex é meu. É uma situação sui generis. Quando terminar o processo, podem me dar o apartamento e a chácara.

Lula disse que se for necessário irá sim disputar a presidência da República em 2018:

— Se for necessário, se vocês entenderem que a manutenção do projeto corre risco, estarei com 72 anos e tesão de 30 para ser presidente da República.


Deixe um Comentário