Política

Justiça Francesa condena Paulo Maluf a três anos de prisão

PAULO MALUF É DEPUTADO FEDERAL E EX-PREFEITO DE SÃO PAULO. ( FOTO: SAMPAIO/ESTADÃO)

ESPOSA E FILHO DO DEPUTADO TAMBÉM FORAM CONDENADOS. ( FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO)

 

O deputado federal e ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf (PP-SP), mais a sua esposa e filho, foram condenados pela Justiça francesa a cumprir pena de três anos de prisão. A condenação foi pelo crime de lavagem de dinheiro no período de 1996 a 2005, e a sentença determina ainda o confisco de 1.844.623,33 euros em contas da família, além de multas que somam 500 mil euros.

Segundo a Justiça francesa, os três condenados agiram em associação para ocultar a origem e a natureza dos recursos que seriam fruto de corrupção e desvio de dinheiro no Brasil na época em que Maluf era prefeito de São Paulo.

A Procuradoria-Geral da República está acompanhando o caso, que ainda cabe recurso, e já solicitou às autoridades francesas a transferência do processo para o Brasil.Mesmo condenado no exterior, Maluf não pode ser extraditado. 

No Supremo Tribunal Federal (STF), Maluf já é alvo de duas ações da Procuradoria-Geral da República  nas quais é acusado dos crimes de quadrilha, corrupção passiva, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. As ações estão em segredo de justiça.

(Com informações do Estadão)


Deixe um Comentário