Geral

Justiça do RN determina solturas de prefeito e vereador de Caicó; Batata e Lobão foram presos suspeitos de corrupção

Prefeito de Caicó, Robson 'Batata', foi preso em Operação do MPRN — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A Justiça do RN concedeu, hoje (10), liberdade ao prefeito de Caicó Robson Araújo (Batata) e também ao vereador Raimundo Inácio Filho, o Lobão, que estavam presos desde o último dia 14 de agosto, suspeitos de participação em um esquema de desvio de recursos públicos envolvendo fraudes na iluminação pública de Caicó.

O esquema foi denunciado pelo Ministério Público do RN, com a deflagração da Operação Tubérculo. A operação, segundo o MP, foi um desdobramento das operações Cidade Luz (deflagrada em julho de 2017 e que aponta um esquema criminoso na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal através da constituição de cartel entre empresas pernambucanas que prestavam serviços de iluminação pública na cidade) e Blackout (também realizada ano passado e que apura superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó).

Batata foi denunciado duas vezes pelos crimes de corrupção passiva, dispensa indevida de licitação, corrupção ativa (também duas vezes) e associação criminosa. O vereador responde por corrupção ativa (duas vezes). Já o lobista, por corrupção passiva, tráfico de influência e associação criminosa. Todos alegam inocência.


Deixe um Comentário