Jurídico

Justiça derruba prisão domiciliar e concede liberdade ao ex-ministro Henrique Alves

EX-MINISTRO HENRIQUE ALVES PRESTOU DEPOIMENTO À JUSTIÇA FEDERAL NA ÚLTIMA SEGUNDA (09). ( FOTO: PEDRO VITORINO)

O juiz Francisco Eduardo Guimarães, titular da 14º Vara Federal de Natal, concedeu na noite desta quinta-feira (12), liberdade ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves, que cumpria prisão domiciliar por ser réu na Operação Manus.

A liberdade de Henrique veio quatro dias após ele ter prestado depoimento à justiça na Operação que investiga práticas de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa na construção do Arena das Dunas e campanha de 2014 para o governo do RN.

Principal alvo da Operação, Henrique vinha cumprindo prisão domiciliar desde maio deste ano. Antes disso, ele estava preso desde junho de 2017 no quartel da Polícia Militar do RN.

Henrique Alves também já tinha conseguido da Justiça Federal do DF, liberdade em relação a Operação Sepsi, que é um desdobramento da Lava-jato e investiga suposto esquema de propinas envolvendo financiamentos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa.


Deixe um Comentário