Economia

Juros do cheque especial atingem o recorde de 315,7% ao ano

 TAXA DO CHEQUE ESPECIAL AUMENTOU 4,7 PONTOS PERCENTUAIS DE MAIO PARA JUNHO, CHEGANDO A 315,7% AO ANO. (FOTO:ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL)


TAXA DO CHEQUE ESPECIAL AUMENTOU 4,7 PONTOS PERCENTUAIS DE MAIO PARA JUNHO, CHEGANDO A 315,7% AO ANO. (FOTO:ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL)

A taxa de juros do cheque especial continuou subindo em junho. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (27), a taxa do cheque especial aumentou 4,7 pontos percentuais de maio para junho, quando chegou a 315,7% ao ano. Essa é a maior taxa da série histórica do BC, iniciada em julho de 1994.

Em 2016, a taxa do cheque especial subiu 28,7 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano.

Já taxa de juros do rotativo do cartão de crédito caiu 0,6 ponto percentual de maio para junho. Mesmo assim, continua sendo a mais cara entre as pesquisadas pelo BC. Em junho, ficou em 470,9% ao ano.

O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. Essa é a modalidade com taxa de juros mais alta na pesquisa do BC.

Agência Brasil


Deixe um Comentário