Educação

Greve na Educação de Natal: ” Prefeito tem dinheiro para carnaval, mas não tem para professores”, diz SINTE-RN

GREVE-ATV-585x400

Apenas uma semana após o início do ano letivo, os professores da rede municipal de ensino decidiram iniciar a partir desta segunda-feira (22) uma greve por tempo indeterminado.

De acordo com Fátima Cardoso, coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do RN ( SINTE-RN), os professores já tinham motivos suficientes para uma paralisação desde o ano de 2014, mas decidiram esperar alguma resposta por parte da Prefeitura às suas reivindicações, como isso não aconteceu ao longo de 2015, a categoria decidiu pela greve. ” A prefeitura não cumpriu acordos firmados com os professores ainda em 2013, e não apresentou qualquer justificativa ou contra-proposta”, afirmou.

O acordo que a coordenadora do SINTE se refere, diz respeito a uma promessa da Secretaria Municipal de Educação que garantiu em 2013 uma reposição salarial dividida em 4 parcelas ao longo de 2014 e 2015, mas que segundo Fátima Cardoso, não foi cumprido em sua totalidade. Com isso, o SINTE amarga uma perda salarial que varia de 10 a 50% .

Fátima Cardoso ainda critica declarações feitas pelo Prefeito Carlos Eduardo, que segunde ela, tem anunciado como uma grande ação a correção do piso salarial dos professores. A coordenadora afirma que a prefeitura apenas cumpriu um dever instituído em Lei Municipal. ” O prefeito tem falado que já aumentou o salário esse ano, mas ele apenas cumpriu com a obrigação, uma Lei municipal que determina a correção do piso no mês de janeiro. Ele tem dinheiro para fazer carnaval, mas não tem para pagar os professores”, desabafou.

Apesar da insatisfação, a coordenação do SINTE afirma estar aberto á negociações com a Prefeitura. O BLOG DO FM tentou contato por telefone com a secretária municipal de educação, Justina Iva, mas ela não atendeu e não retornou as ligações.


Deixe um Comentário