Economia

Governo renova PROADI da Coats com expectativa de aumento de 20% em empregos

 COM A EXPANSÃO PREVISTA, A PRODUÇÃO DE LINHA DE COSTURA, CADARÇO PARA ZÍPERES E ZÍPERES DEVERÁ SUPERAR OS R$ 250 MILHÕES/ANO.


COM A EXPANSÃO PREVISTA, A PRODUÇÃO DE LINHA DE COSTURA, CADARÇO PARA ZÍPERES E ZÍPERES DEVERÁ SUPERAR OS R$ 250 MILHÕES/ANO.

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDEC), concedeu à Coats a renovação do PROADI-Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte. Com a renovação do incentivo a empresa deverá aumentar em mais de 20% a sua capacidade atual de produção, de acordo com o projeto que foi apresentado à Sedec. Com a expansão prevista, a produção de linha de costura, cadarço para zíperes e zíperes deverá superar os R$ 250 milhões/ano.

“A renovação do PROADI facilita a perspectiva da empresa no Rio Grande do Norte e confirma a nossa permanência no Estado, sendo fundamental para a operação da empresa no Brasil como um todo, inclusive, por permitir que os produtos tenham condições de competir no mercado externo, principalmente com os chineses”, afirmou o diretor regional da Coats, Sérgio Albuquerque.

No último mês de maio o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, recebeu a visita do diretor financeiro para a América Latina da Coats, Eber Coelho, representando o presidente do grupo, Joe Dizazo, e do diretor regional da Coats, Sérgio Albuquerque, que destacaram a atuação da Coats no Rio Grande do Norte como a mais importante do grupo no Brasil, servindo de base para a suas operações no mercado externo. A Coats está em operação no Rio Grande do Norte há 40 anos. Atualmente a Coats tem mais de 600 empregos diretos no Estado e deverá aumentar as contratações com os novos investimentos realizados a partir do benefício do PROADI.


Deixe um Comentário