Governo

Governo admite que vai aumentar imposto para compensar queda no diesel

Eduardo Guardia

EDUARDO GUARDIA DISSE QUE ISSO NÃO É AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA, É UM MOVIMENTO COMPENSATÓRIO PREVISTO NA LEI (EDILSON RODRIGUES/AGÊNCIA SENADO)

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, indicou nesta segunda-feira que o governo terá de aumentar impostos de “outras coisas” ou retirar benefícios tributários para garantir uma das partes da redução de impostos sobre diesel, com impacto de 4 bilhões de reais neste ano.

“Haverá aumento (de impostos) para alguém? Sim”, afirmou ele, acrescentando ainda que essa compensação também pode vir com eliminação de benefícios hoje existentes. “Isso não é aumento da carga tributária, é um movimento compensatório previsto na lei”, afirmou ele.

Fonte: Veja


Deixe um Comentário