Economia

Crise: GM anuncia mais 1,5 mil demissões no Brasil

O COMUNICADO OCORRE SEMANAS DEPOIS DE 517 DEMISSÕES NA UNIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS.(FOTO: DADO GALDIERI/BLOOMBERG/GETTY IMAGES)

O COMUNICADO OCORRE SEMANAS DEPOIS DE 517 DEMISSÕES NA UNIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS.(FOTO: DADO GALDIERI/BLOOMBERG/GETTY IMAGES)

 

Após demitir 517 metalúrgicos em sua unidade de São José dos Campos, no início de fevereiro, a  General Motors comunicou um plano para demitir 1.500 trabalhadores de sua fábrica em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

O setor automobilísitco no Brasil está afetado pela recessão econômica, o aumento do desemprego, o encarecimento do crédito e a falta de confiança dos consumidores. As vendas e a produção caíram no ano passado, o que levou as montadoras a tomarem medidas para adequar a oferta à demanda, incluindo a concessão de férias coletivas e o aumento de demissões.

(Com informações Site Veja)



Deixe um Comentário