Política

Geraldo Melo emite nota de esclarecimento e diz que vai processar “autores” da “infâmia” sobre débito de R$ 127 milhões

CANDIDATO AO SENADO, GERALDO MELO REBATE NOTÍCIAS SOBRE DÉBITOS E AMEAÇA PROCESSAR AUTORES

Em Nota de Esclarecimento intitulada “Campanha de Geraldo protesta contra uso baixo de informações falsas e vai processar caluniadores”, O ex-governador e candidato ao Senado pelo PSDB, Geraldo Melo, está protestando contra a vinculação de seu nome com débitos que a Companhia Açucareira Vale do Ceara Mirim – empresa que já não lhe pertence desde  2009 – teria junto do governo do Rio Grande do Norte, tema esse explorado nesta quinta e sexta-feira por veículos de comunicação potiguares, sob o título “Empresa de Geraldo Melo deve R$ 127,8 milhões ao Estado”.

Em suas explicações, Melo considera a notícia “uma infâmia” e diz que a sua assessoria jurídica responsabilizará os autores.

Segue abaixo a nota na íntegra:

Campanha de Geraldo protesta contra uso baixo de informações falsas e vai processar caluniadores

A campanha do candidato a senador Geraldo Melo (PSDB 456) protesta contra o uso baixo de informações falsas e mentirosas com objetivo de difamar e caluniar o ex-governador. Geraldo não é mais dono da Companhia Açucareira Vale do Ceará Mirim há mais de dez anos como estão divulgando criminosamente.

Portanto, as responsabilidades de qualquer natureza da companhia açúcareira são da empresa e seus dirigentes e não de Geraldo que não tem mais nenhuma relação com tal companhia.

Querer atribuir responsabilidades fiscais desta empresa a ele é um golpe baixo que tem finalidade puramente eleitoral. Os advogados de Geraldo Melo já foram acionados e vão responsabilizar os autores da infâmia.



Deixe um Comentário