Política

Garibaldi destaca em discurso no Senado que “a violência tomou conta do Rio Grande do Norte”

GARIBALDI DISSE QUE O GOVERNO ROBINSON FARIA NÃO TEM RECURSOS PARA FAZER FRENTE AO CRIME ORGANIZADO

O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), expôs no Plenário do Senado Federal, nesta terça-feira, o caos da segurança pública em que vive o Rio Grande do Norte, onde, segundo destacou, a violência tomou conta do estado. Alves fez um resumo sobre as ocorrências de assaltos a agências bancárias, homicídios e outros crimes recentes registrados na capital potiguar e no interior do estado, e disse que o governo Robinson Faria não tem recursos para fazer frente ao crime organizado.

Garibaldi reportou aos senadores que, de janeiro ao início de maio deste ano, foram registrados 865 assassinatos no Rio Grande do Norte, e ressaltou ainda que o efetivo da Polícia Militar permaneceu o mesmo nos últimos anos, o que prejudica ainda mais a segurança da população local.

— Não se pode admitir que uma população possa permanecer indefesa. Nós temos que dar um grito de alerta a respeito dessa situação. Esse Plano Nacional de Segurança precisa sair do papel. Essa situação não pode continuar dessa maneira, nós não podemos entregar uma população a sua própria sorte — afirmou.


Deixe um Comentário