Tecnologia

Facebook será um ‘cemitério digital’ nos próximos 50 anos, aponta estudo

Um estudo publicado pela Universidade de Oxford indica que, no espaço dos próximos 50 anos, o número de contas de Facebook pertencentes a pessoas já falecidas poderá ultrapassar as detidas por utilizadores vivos.

Tendo em conta que em 2012 (apenas oito anos depois do lançamento do Facebook) a rede social já tinha 30 milhões de contas com utilizadores falecidos, os investigadores acreditam que até ao final deste século haverá até 4.9 bilhões de contas sem ‘donos’, publicou o The Next Web.

Vale lembrar que o Facebook tem ferramentas para o caso de um utilizador falecer, permitindo a um ente querido ser responsável pela conta e transformá-la numa espécie de memorial que sirva para as pessoas prestarem as suas condolências. Ao mesmo tempo, a tecnológica implementou formas de impedir que o algoritmo da rede social as faça reaparecer de modo a não transtornar família e amigos.

Foto: Ilustração

 

Fonte: Notícias ao Minuto


Deixe um Comentário