Política

Ex-prefeita Micarla de Sousa é condenada a 16 anos de prisão

A PENA DEVERÁ SER CUMPRIDA INICIALMENTE , EM REGIME FECHADO. (FOTO: ARQUIVO/TN)

A PENA DEVERÁ SER CUMPRIDA INICIALMENTE , EM REGIME FECHADO. (FOTO: ARQUIVO/TN)

A ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa foi condenada a 16 anos , 6 meses e 10 dias de prisão, nesta segunda-feira (01). Micarla é acusada pelos crimes de desvio de dinheiro público e associação criminosa.
A condenação é resultado de um processo que julgou um escândalo descoberto na Saúde municipal durante a gestão de Micarla, que acabou sendo afastada do cargo à época. Segundo investigações do Ministério Público do Rio Grande do Norte, a então prefeita recebia dinheiro ilícito de empresas prestadoras de serviço ou fornecedoras de produtos à Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Outras seis pessoas que participaram da administração de Micarla também  foram condenadas, entre elas seu ex-marido, Miguel Weber, condenado a 12 anos de prisão pelos mesmos crimes.
Foram condenados ainda o ex-secretário de saúde, Thiago Barbosa, o ex-procurador municipal Alexandre Magno e sua esposa Anna Karina; o ex-secretário de Tributação, Antônio Luna; o ex coordenador financeiro da Secretaria Municipal de Saúde, Francisco de Assis Rocha Viana; o ex-procurador-geral do Município, Bruno Macedo; Carlos Fernando Pimentel Bacelar Viana (que antecedeu Francisco Viana na função).
A pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado.Todos os condenados ficam ainda impedidos de, num prazo de cinco anos, exercerem cargo ou função pública, seja em caráter efetivo ou através de nomeação, mas podem recorrer da sentença em liberdade.
Com informações do Novo Jornal

Deixe um Comentário