Esporte

Ex-goleiro do América, Alecrim e Vasco da Gama nos anos 70 visita Natal para reencontro com amigos

Por José Vanilson Julião

O agora blogueiro e escritor catarinense Valdir Appel (1/5/46), que defendeu o arco do Alecrim (1974) e América (75/77) chega nesta segunda-feira na capital potiguar, procedente de Recife. Na terça-feira, a partir das 19 horas, no Bar Temis, na sede do América Futebol Clube, na Rua Rodrigues Alves (Tirol), ele terá um encontro marcado com amigos.

O ex-goleiro do Vasco da Gama nos anos 60 visita os amigos, principalmente ex-jogadores, da Região Nordeste.

Na capital pernambucana, por exemplo, encontrou-se com Adilson, de posição atacante, irmão de Almir Albuquerque, assassinado em Copacabana, no Rio, durante uma briga de bar (1973).

Pela equipe alecrinense, substituindo o antigo titular Aurílio, ex-ABC, atuou em pelo menos 11 jogos do campeonato estadual.

A estreia aconteceu no domingo, 18/8/74, na vitória pela contagem mínima fora de casa, contra o Potiguar, em Mossoró.

No alvirrubro entra em campo 17 vezes pela competição local e pelo Nacional. Estreia no domingo, 7/9/75, no empate de 3 a 3 frente o alviverde Goiás.

Na carreira de 19 anos, encerrada em 1982, atuou pelo Paysandu e Palmeiras de Brusque/SC, América carioca, Sport Recife, Carlos Renaux/SC, Blumenau/SC, Campo Grande/RJ, CEUB (Brasília), Volta Redonda, Bonsucesso, Goiânia, Atlético/GO e Rio Verde/GO.

Valdir é casado com Rosélis Appel e tem um casal de filhos: Isadora e Eduardo.

Já lançou três livros de crônicas: “Boca do Gol” (2006), “O Goleiro Acorrentado” (2010) e “Onde ele pisa nascem histórias” (2014).      

    


Deixe um Comentário