Política senado federal

Novo presidente do Senado, Eunício Oliveira dá recado velado para o Judiciário

EUNÍCIO OLIVEIRA PMDB (CE) SE ELEGEU PRESIDENTE DO SENADO COM AMPLA VANTAGEM

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi eleito, ontem (2), presidente do Senado Federal para o biênio 2017/2018. Eunício teve 61 votos e venceu José Medeiros (PSD-MT), que conquistou o apoio de 10 senadores. Dez senadores votaram em branco.

Durante o seu discurso, a única mensagem dura foi feita de maneira velada e endereçada ao Judiciário. Sem citar o Supremo Tribunal Federal ou a Operação Lava Jato, Eunício prometeu “ser firme, duro e líder quando um Poder parecer se levantar contra outro Poder”.

Ao Congresso, ele assegurou que atuará como uma espécie de embaixador dos políticos. Já com relação ao governo Michel Temer, Eunício prometeu parceria na aprovação de reformas e unidade para superar a crise.

FAVORITISMO

A eleição confirmou o favoritismo do peemedebista e confere ao PMDB um domínio de 12 anos no comando da Casa. Eunício substitui o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que passará a ocupar a liderança do partido na Casa. O cargo era ocupado por Eunício.

A sessão deveria ter começado às 16h, mas só teve início às 17h35 porque os líderes partidários fizeram longas reuniões para definir a ocupação dos demais cargos da Mesa Diretora, conforme a regra da proporcionalidade das legendas.

Na mesma sessão, foi feita a comunicação à Mesa dos novos líderes partidários. O PTB indicou  Armando Monteiro Neto (PE) para a liderança, o PSD escolheu Omar Aziz (AM) e o PP, Benedito de Lira (AL). Ronaldo Caiado (GO) e Paulo Bauer (SC) foram reconduzidos à liderança do DEM e do PSDB, respectivamente.

 

Fonte: Ag. Senado

 



Deixe um Comentário