Política

Em Pedro Velho, “Dr. Targininho” adota a traição como ‘manual de campanha’ e passa a perna em Karla Veruska

CANDIDATA A DEPUTADA FEDERAL, KARLA VERUSKA FOI ENGANADA POR “TARGININHO” EM PEDRO VELHO

Nos bastidores da política do Rio Grande do norte não se fala em outra coisa: a prefeita do município de Pedro Velho, Patrícia Targino e o seu sobrinho, o médico José Targino Segundo Neto, conhecido como “Dr. Targininho”, estão se mostrando especialistas quando o assunto é “traição” em tempos de campanha eleitoral.

Ao longo das paisagens da região Agreste do Rio Grande do Norte o que se fala é que, na presente campanha, Patrícia Targino já traiu o deputado federal e candidato à reeleição, Walter Alves.

E ao que parece, o “manual do mal político” da tia tem sido seguido à risca pelo sobrinho “Targininho”, que na noite desta sexta-feira,28, foi o ator principal do circo eleitoral que adota como prática.

Depois de fazer juras eternas de apoio à candidata a deputada federal Karla Veruska, em quem prometeu votar e defender a candidatura junto ao eleitorado local, “Dr. Targininho”, foi pego em flagrante delito, fazendo campanha de braços dados com o também candidato a deputado federal Benes Leocádio.

Aliás, o fragrante do médico traquino teria sido dado pelo próprio marido de Karla Veruska, o presidente da Câmara Municipal de Natal, o vereador Raniere Barbosa, que ao chegar na cidade para uma movimentação política encontrou “Targininho” e Leocádio envolvidos pela ‘força do compromisso’.

Na região, uns dizem que a traição de “Targininho” foi motivada pelo desejo de agradar o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), a quem se curva com facilidade por dever incontáveis favores.

Outros dizem que a relação de subserviência a Ezequiel seria mero detalhe.

A traição já estaria entranhada no sangue.

Que situação….


Deixe um Comentário