Ministério Público

Em nota, Ricardo Motta desqualifica delação de ex-diretor do Idema e diz que não é Réu na ação ajuizada pelo MP/RN

RICARDO MOTTA: NÃO SOU DENUNCIADO, PORTANTO, NÃO SOU RÉU NA AÇÃO AJUIZADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

O deputado estadual Ricardo Mota, em nota enviada à imprensa, desqualificou o ex-diretor administrativo do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), Gutson Johnson Bezerra (principal acusado de comandar desvios de recursos dentro do órgão), que apontou o parlamentar como participante de um esquema fraudulento dentro do Idema.

Motta destaca, ao se defender, que são inverídicas as acusações do delator e afirma que estar tranquilo e confiante na Justiça. O parlamentar ressalta ainda que não é Réu a ação ajuizada pelo Ministério Público.

Veja a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

Sobre a denúncia do Ministério Público recentemente publicada na imprensa, na parte que houve menção ao meu nome, esclareço:

⁃ Não sou denunciado, portanto, não sou Réu na ação ajuizada pelo Ministério Público;

– Desconheço o fato criado pelo colaborador da acusação, assim como afirmo que são completamente inverídicas as afirmações;

– Estou tranquilo, confio na Justiça e todos os meus atos enquanto Presidente da Assembleia Legislativa foram amparados pela lei e referendados pela Mesa Diretora;

⁃Respeito o trabalho de todas as instituições mas é preciso cautela e responsabilidade na divulgação do nome de autoridades públicas que não podem ser julgadas antecipadamente, nem ter seus nomes expostos de maneira irresponsável;

Julgar, enfatizo, é atribuição da Justiça.



Deixe um Comentário