Política

Em entrevista, Adjuto Dias cita a experiência como delegado para fomentar debates sobre Segurança na AL

FILHO DO PREFEITO DE NATAL, ÁLVARO DIAS, DELEGADO ADJUTO DIAS É CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL NO RN

O candidato a deputado estadual, Adjuto Dias (MDB), concedeu entrevista nesta terça-feira (07) ao Jornal da Noite na 95 FM. Pleito eleitoral, segurança pública e metas para o futuro mandato de deputado estadual marcaram a conversa de Adjuto com os apresentadores e ouvintes. Confira os principais trechos da entrevista:

Política de desarmamento

“Observamos o quanto é alto o número de policiais que morre, porque ele se vê numa condição de reagir e o efeito surpresa se volta contra ele. Nesse caso quem morre é o policial. É bom deixar claro que eu sou totalmente desfavorável ao porte de arma para a população. Ter uma arma guardada em casa, eu acredito que, dentro da obediência a alguns critérios, acaba sendo uma questão pessoal e particular. Muito embora é fato que, uma vez o bandido sabendo que o cidadão tem uma arma em casa, ele vai tentar roubá-la”.

Ingresso na política

“Terminei meus estudos, fiz concurso público, fui trabalhar na Paraíba, mas mantive meu contato com a minha família. Quando meu pai (prefeito de Natal Álvaro Dias) assumiu a condição de vice-prefeito de Natal, percebi que o Seridó poderia ficar sem a representação que o MDB sempre teve. Pensei nessa possibilidade e foram vários dias de reflexão, sobretudo com a autonomia que o meu pai deu. Ele apenas disse que a escolha que eu fizesse ele iria apoiar”.

Família de políticos

“Sempre em períodos eleitorais surgem algumas expressões que eu considero como marketing político. Como, por exemplo, não vote oligarquias, não reeleja ninguém. Porém, posso falar pela minha família. Eu estudei e sou concursado, tenho duas irmãs, uma concursada no município de Recife e outra que mora nos EUA e lá trabalha em um restaurante. O que eu quero dizer é que podemos fazer do nosso jeito sem, necessariamente, ter uma vinculação direta a essas expressões que algumas pessoas usam”.

Segurança Pública

“Eu tive uma experiência no estado da Paraíba, que houve uma redução no índice da violência nos últimos sete anos. É claro que a minha experiência vai fomentar, na assembleia, debates sobre o assunto. Contudo sabemos, que precisamos tratar a segurança com prioridade e atrelado outros assuntos como desenvolvimento social, emprego e renda, educação, escolas técnicas, mercado de trabalho. Então é toda uma gama de temas”.

Reduto eleitoral

“Vamos começar nossa caminhada pela região do Seridó, porque sou nascido e criado na região. Contudo, vamos nos somar a capital do estado e a região metropolitana, bem como o mato grande e a região central. Hoje um deputado não se elege com votos de apenas uma região. Mas vamos partir da região do Seridó”.

Fonte: Blog do Heitor Gregório



1 Comentário

Deixe um Comentário