Segurança

Em busca de melhorias para a segurança pública, Robinson Faria cumpre agenda na Colômbia

DURANTE A REUNIÃO FOI DESTACADA A IMPORTÂNCIA DO GOVERNO NO PROCESSO DE INTEGRAÇÃO DAS FORÇAS DE SEGURANÇA, PODER JUDICIÁRIO, INSTITUIÇÕES PRIVADASE SOCIEDADE CIVIL. (FOTO: ASSESSORIA SESED)

O OBJETIVO É CONHECER O PLANO DE SEGURANÇA QUE DIMINUIU OS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA NO PAÍS. (FOTO: ASSESSORIA SESED)

O governador Robinson Faria iniciou na manhã desta quinta-feira (25) os compromissos da agenda oficial na Colômbia se reunido com a Embaixadora da Colômbia no Brasil, Patrícia Cárdenas, e com autoridades do Governo colombiano, especialistas em segurança pública, Hugo Acero, ex-secretário de segurança pública de Bogotá e Gonzalo Francisco, responsável em promover a estratégia de segurança e convivência naquele país. Durante o encontro, foram apresentadas as principais metodologias utilizadas pelo governo colombiano que possibilitaram a redução das taxas de violência do país.

Robinson Faria ainda recebeu de Gonzalo de Francisco, o plano de segurança desenvolvido na gestão do Presidente Andrés Pastrana, no ano de 2000, que detalha as estratégias nacionais de convivência e segurança cidadã implementadas pelo Governo Colombiano, integrados ao Plano Colômbia, fundamentais ao combate ao tráfico, contrabando e redução de homicídios no país.

Na Prefeitura de Bogotá, a comitiva do Rio Grande do Norte foi recebida pelo secretário de segurança da cidade, Daniel Mejía, renomado economista que se tornou referência na luta contra a violência e o tráfico de drogas. Na ocasião, foram apresentadas as principais medidas que fizeram o Governo de Bogotá retomar a liderança em matéria de segurança e convivência cidadã e manter pelos últimos anos uma redução de cerca de 50% das taxas de homicídios na cidade quando comparado com o ano de 1993, quando se chegou a índices preocupantes. O atual índice de homicídio da cidade é 17 por cada 100 mil habitantes.

No ministério das Relações Exteriores, a comitiva foi recepcionada pela vice-ministra das Relações Exteriores, Patti Londoño. Durante o encontro, além do tema que motivou a agenda na Colômbia, também foram discutidos assuntos como Saúde Pública, Economia e Turismo, sendo tratado, inclusive, a ampliação de rotas que facilitem a conectividade de ambos os países.

À tarde, a comitiva participa de um almoço com o Ministro da Fazenda da Colômbia, Mauricio Cárdenas, e se reúne com o vice-ministro da Defesa para Políticas Internacionais, Anibal Fernandez e o vice-ministro para o Grupo Social e Empresarial da Defesa (GSED), o General José Javier Pérez Mejía.


Deixe um Comentário